Novas receitas

Sanduíches de peru quente com molho de xerez

Sanduíches de peru quente com molho de xerez


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Ingredientes

  • 8 vieiras de peito de peru de 1/4 de polegada de espessura (cada uma com cerca de 2 1/2 onças)
  • 3 colheres de sopa de sálvia fresca picada ou 3 colheres de chá secas
  • 1/4 xícara (1/2 vara) de manteiga
  • 3 cebolas verdes grandes, cortadas em fatias finas
  • 2 colheres de sopa de farinha multiuso
  • 1 lata de caldo de galinha com baixo teor de sal de 1/2 onça
  • 4 fatias diagonais de pão de massa fermentada de 1/2 polegada de espessura (cada uma com cerca de 5 x 3 1/2 polegadas), levemente torrado, com manteiga

Preparação de Receita

  • Polvilhe o peru com metade da sálvia, sal e pimenta. Derreta a manteiga em uma frigideira grande e pesada em fogo médio-alto. Adicione 4 vieiras de peru e refogue até dourar levemente e cozido, cerca de 1 1/2 minutos de cada lado. Transfira para o prato. Repita com as 4 vieiras restantes. Adicione a cebolinha à frigideira e refogue por 1 minuto. Polvilhe com farinha; mexa 1 minuto. Gradualmente misture no caldo e no Sherry. Aumente o fogo e ferva até o molho engrossar, mexendo sempre, cerca de 2 minutos. Adicione a metade restante da sálvia. Reduza o fogo para baixo. Devolva o peru e todos os sucos acumulados ao molho; cozinhe por 1 minuto para aquecer. Tempere com sal e pimenta.

  • Coloque 1 fatia de pão em cada prato. Cubra cada um com 2 vieiras de peru e molho.

Receita de Melanie Barnard, Brooke Dojny, Fotos de Jacqueline HopkinsReviews Section

A melhor parte do Dia de Ação de Graças pode ser os sanduíches de peru de sexta-feira

A tradição culinária apreciada diz que o quarto conde de Sandwich, um político astuto e jogador inveterado, inventou o sanduíche para que pudesse fazer uma refeição sem sair da mesa de jogo. Isso foi na década de 1760.

Chame-me de revisionista, mas no meu cenário o sanduíche foi inventado por um de nossos pais Peregrinos - ou melhor, uma mãe - uns bons cem anos antes, que estava em sua casa de toras de Plimoth Plantation, olhando para o único meio desnudo carcaça de um grande pássaro assado no espeto e suspirou: "O que devo fazer com todo esse peru abençoado?"

Todos nós conhecemos a sensação, e com os pássaros carnudos e de peito enorme que enfeitam nossas mesas de Ação de Graças quase 400 anos depois, o problema é cada vez mais agudo. No entanto, a resposta é óbvia a ponto de ser inevitável: se a natureza lhe dá peru, faça sanduíches.

Sobras aquecidas, caçarolas e saladas feitas com os restos da ave estão todos muito bem. Só não espere oohs e aahs. Mas um bom sanduíche de peru - agora esse é um pássaro de uma pena diferente. Não aqueles sanduíches de peru deliciosos feitos com fatias finas de peru processado genérico, mas um sanduíche feito com carne suculenta, cortada em fatias grossas de um verdadeiro pássaro assado.

Mesmo em sua versão mais comum - pão branco com maionese, algumas fatias de peru empilhadas por cima e tudo polvilhado com sal e pimenta - é profundamente satisfatório. Mas quando mentes criativas adicionam alguns sinos e assobios ao conceito, você está no caminho para a felicidade pós-feriado.

Solicitamos idéias para enfeitar o sanduíche básico de peru de um punhado de chefs da Bay Area. A maioria de suas receitas não envolve muito tempo na cozinha e são todas abertas. Se você gosta do conceito básico, mas não quer fazer um determinado componente, vá em frente e substitua.

Gosta da ideia de um panino de peru, mas não tem uma prensa panini sofisticada? Há uma solução simples proposta pelo chef Gerard Hirigoyen, cujo último empreendimento, Bocadillos, leva o nome da palavra espanhola para sanduíche, e Daniel Scherotter, o chef executivo do Palio d'Asti, que cria o menu para o spin informal do restaurante -off, Paninoteca Palio d'Asti. Cozinhe os sanduíches quentes em um ferro para waffles, ou coloque-os no forno quente ou em uma frigideira em cima do fogão e pese-os com uma frigideira ou tijolo embrulhado em papel alumínio, uma prensa de bacon ou o que for mais útil.

O condimento de cranberry-figo e a maionese de alho-sálvia assada do chef Fran Scibelli da Dean & amp Deluca em Santa Helena adicionam profundidade de sabor ao seu sanduíche de peru favorito, mas em uma pitada você pode usar molho de cranberry normal e um bom alho comprado em loja maionese.

Se você não tiver molho de cranberry de frutas inteiras, pode recriar o sanduíche do dia seguinte à base de focaccia que Marilyn Rinzler serve no Poulet em Berkeley, usando o molho gelatinoso de lata.

Rinzler, que é conhecida por alguns pratos bastante sofisticados, com tristeza admite que seu sanduíche de peru favorito de todos os tempos é aquele que ela costumava devorar no refeitório de sua escola de Boston: fatias de peru quentes, purê de batatas, restos de verduras cozidas e molho empilhado em uma fatia de pão - branco, é claro. É, diz ela, "um Dagwood normal de Ação de Graças".

DICAS PARA FAZER SANDUÍCHES SUPERIORES

Há muitas maneiras de adicionar um toque especial ao sanduíche de peru quente ou frio. Aqui estão algumas dicas:

Pão. Variar o veículo básico para o sanduíche, o pão, pode fazer uma grande diferença. Considere estas alternativas para o branco genérico: pãezinhos duros ou macios, baguetes de grãos inteiros ou pão de centeio resistentes, tortilhas de bagels lavash macios, aquecidos brevemente até focaccia maleável (o favorito de muitos chefs de delicatessen locais), simples ou avivados com azeitonas, alho, cebola ou ervas.

Spreads. Além da maionese padrão, considere qualquer uma das maioneses com sabor comercial ou faça a sua própria adicionando intensificadores de sabor como purê de alho fresco ou torrado, tomates secos ao sol picados, picles, chutney picado, alcaparras, raspas de cítricas raladas, marmelada, cortada cebolinhas, curry em pó, pimenta em flocos, orégano, alecrim, manjericão, pimenta preta rachada, molho de tabasco ou molho de tamari. O azeite de oliva extra-virgem e / ou suco de limão fresco também contribuem muito para animar a maionese comercial. Manteigas com sabor são outra alternativa para barrar, assim como o pesto, mistura comercial de mostarda e maionese, queijo cremoso simples ou aromatizado ou um queijo para barrar com ervas suave como o Boursin.

Complementos. Além da alface óbvia (o iceberg adiciona rúcula crocante, escarola ou agrião belga apresentam um contraste amargo atraente), considere o abacate, o tomate (se você conseguir encontrar uns decentes), fatias de pepino, picles, chutney, aipo em fatias finas, maçãs crocantes, caquis ou peras sementes de romã e amêndoas torradas em fatias ou nozes picadas e uma variedade de queijos. Sanduíches quentes, geralmente servidos à vista, podem ser transformados em um Reuben de peru com chucrute. Você pode até incluir sobras de verduras cozidas, purê de inhame, recheio, molho - quase todas as sobras do seu banquete, exceto a torta de abóbora.

Marilyn Rinzler, do restaurante Poulet e lanchonete do Berkeley's Gourmet Ghetto, gosta de fazer torta de pastor com sobras de peru e molho, mas para um almoço rápido, ela defende essa combinação simples de sobras.

INGREDIENTES:

4 peças focaccia de 1 polegada de espessura, cerca de 4 x 4 ou 3 x 5 polegadas cada

12 a 16 onças fatiada de carne de peru branca ou branca e escura

1 a 1 1/2 xícaras de molho de sobras

1 a 2 xícaras de sobras de recheio

4 a 6 colheres de sopa de molho de cranberry inteiro

INSTRUÇÕES:

Corte a focaccia ao meio horizontalmente. Aqueça suavemente o peru e o molho em uma panela média ou em um micro-prato do forno de micro-ondas. Aqueça o recheio até ficar bem quente.

Distribua o peru e o molho entre as 4 metades da focaccia. Cubra com o recheio, o molho de cranberry e os pedaços de focaccia restantes, corte ao meio na diagonal e sirva quente.

POR PORÇÃO: 445 calorias, 33 g de proteína, 47 g de carboidrato, 13 g de gordura (3 g saturada), 67 mg de colesterol, 895 mg de sódio, 3 g de fibra.

Daniel Scherotter, chef executivo da Palio d 'Asti e seu spin-off, Paninoteca Palio d'Asti, diz que um panino grelhado, como este, é apenas um sanduíche grelhado prensado que pode ser feito em uma frigideira, se você não quiser possui uma prensa Panini.

INGREDIENTES:

12 a 16 onças de carne de peru escura cozida

4 onças de molho de cranberry inteiro ou purê de batata doce

4 pãezinhos resistentes, cortados ao meio ou 8 fatias de pão

4 fatias grossas de queijo de escolha (opcional)

Alface de escolha (opcional)

INSTRUÇÕES:

Misture a carne de peru (não precisa ser em fatias bem feitas), o bourbon e o molho em uma panela média. Deixe ferver, reduza o fogo e cozinhe até a carne ficar bem macia, mexendo de vez em quando e adicionando água se a mistura ficar muito seca e houver risco de grudar no fundo da panela.

Retire do fogo e esfrie um pouco. Adicione o molho de cranberry ou inhame ou ambos, se desejar. Prove o sal e pimenta.

Espalhe a mostarda nas laterais cortadas dos rolos. Coloque a mistura de peru nas metades de baixo. Adicione o queijo opcional. Feche os sanduíches e cozinhe em uma panini press ou em uma frigideira grossa, pesada com outra frigideira ou um tijolo embrulhado em papel alumínio, até dourar bem dos dois lados.

Enfeite com alface, picles e cebola opcionais.

POR PORÇÃO: 415 calorias, 30 g de proteína, 37 g de carboidrato, 9 g de gordura (3 g saturada), 73 mg de colesterol, 689 mg de sódio, 1 g de fibra.

Este sanduíche de Carlo Middione, chef / proprietário da Vivande Porta Via em San Franciscois, é uma decolagem em um croque monsieur. Se você não tiver focaccia, use pão de sanduíche francês.

INGREDIENTES:

8 (4 x 4 polegadas) pedaços de cebola-azeitona ou outra focaccia, com cerca de 1 polegada de espessura, cortada ao meio

12 onças de carne de peru escura ou mista, branca e escura, fatiada

8 fatias finas Fontina ou Taleggio, cerca de 4 a 6 onças

2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem, mais se necessário

INSTRUÇÕES:

Coloque 4 peças da focaccia em uma superfície de trabalho. Divida o peru entre eles. Tempere com sal e pimenta. Cubra cada sanduíche com 2 fatias de presunto e 2 fatias de queijo. Cubra com as fatias restantes de focaccia. Combine os ovos, o leite, o sal e a pimenta em uma tigela rasa e misture. Mergulhe os sanduíches, um a um, na mistura de ovos por cerca de 1 minuto de cada lado.

Aqueça o óleo em uma frigideira grande. Frite os sanduíches dos dois lados, em lotes se necessário, até dourar dos dois lados. Corte ao meio. Rende 4 sanduíches

POR SANDUÍCHE: 695 calorias, 49 g de proteína, 32 g de carboidrato, 41 g de gordura (13 g saturada), 237 mg de colesterol, 1.258 mg de sódio, 2 g de fibra.

Maionese com ervas, óleo de semente de abóbora e vinagre de xerez dão um toque sofisticado a esta adaptação de uma das favoritas de Fran Scibelli, chef de delicatessen da Dean & amp Deluca em Santa Helena.


Interações do leitor

Comentários

Michael, a receita do molho de Chris Prosperi está postada no site, como você pode ver. Boa sorte, é delicioso! Feliz Dia de Ação de Graças! & # 8212 Faith

Realmente não é o molho simples que ele discutiu na exposição. Aquele com molho inglês e aquele tempero britânico.

Direito. Aquele em que você está interessado está vinculado na Nota de receita, ou encontre aqui . Feliz Dia de Ação de Graças!

Oi Cris. Gosto da ideia de & # 8220make ahead & # 8221, mas estou fritando o peru, então não vou deixar pingar. Este molho é bom sem respingos ou há um substituto para eles? Obrigado e aproveite o feriado! -JB

JB, acabei de conversar com Chris Prosperi e ele disse que você tem duas opções. Você poderia ir a um grande supermercado e comprar pescoços de peru e miúdos e cozinhá-los no molho por 20 minutos. Coe e sirva. Ou, e este é o que eu faço, faça o molho como Chris instrui, mas quando você cozinhar as cebolas, adicione 5 tiras de bacon. (Você não precisará do óleo.) Esse sabor de bacon lhe dará um sabor carnudo. Aproveitar! & # 8212 Faith

Tenho trabalhado no aperfeiçoamento do meu molho de peru para tornar o dia de Ação de Graças menos estressante. Duas semanas antes, compro baquetas e asas no mercado e as asto em fogo alto no forno. Depois de retirar da frigideira e desfrutar de um banquete pré-Dia de Ação de Graças, coloco caldo de frango ou peru na frigideira e raspo os respingos. Neste ponto, você pode adicionar xerez ou porto e continuar a reduzir ou adicionar alguns respingos de bacon, se desejar. Armazene em um contêiner de freezer e adicione aos seus gotejamentos no Dia de Ação de Graças e prossiga com seu método de fazer molho. É uma degustação muito concentrada e rica. Aproveitar.

Marie, isso parece fabuloso. Muito impressionado! Saúde, Faith Ei, visite-nos também no Facebook. Se você & # 8220 gostar & # 8221 de nós quando estiver lá, nós & # 8217 enviaremos nosso Feed de dicas importantes!

Eu e # 8217 apreciei seu programa por anos! Agora estou entrando no computador depois de décadas. Continue com o bom trabalho nos mantendo por dentro de tudo & # 8230.Tenha um feriado delicioso!

Bem, muito obrigado, Charles, e calorosas boas-vindas à Internet! & # 8211 Robyn

Esta é a mesma receita que você discutiu sobre adicionar a Marmite? Se sim, quanto você sugere? Estou tentando fazer isso sem os gotejamentos de peru e bacon para que seja vegetariano.

Aqui está o mais recente que Chris mencionou no programa: https://foodschmooze.org/recipe/chriss-super-simple-gravy/ (também vinculado na Nota de Receita). Feliz Dia de Ação de Graças!

Obrigada! Feliz Dia de Ação de Graças para você também.

No programa de 29 de outubro com Ina Garten, Faith comentou sobre o fato de que produtos assados ​​sem glúten costumam ter um sabor metálico. Tenho certeza de que isso é causado pelas quantidades excessivas de fermento em pó exigidas em muitas receitas de GF.


Let & # 8217s Talk Turquia! Parte 2 e # 8211 Sanduíches de Peru Quentes

Eu tenho esse sonho muito estranho de cozinhar todos os sanduíches americanos. Porque? Porque os sanduíches são deliciosos, não terrivelmente complicados, e são uma ótima maneira de aprender sobre a história e a geografia dos Estados Unidos. Velho e novo, Leste e Oeste, Norte e Sul, estados vermelhos e azul. É um projeto que me propus a fazer várias vezes e depois estive muito falido ou ocupado para levá-lo adiante, mas neste tempo de bolhas e divisões, parece uma causa nobre. Afinal, quem pode odiar um sanduíche? Eles são gostosos e apolíticos. Talvez sanduíches sejam exatamente o que precisamos para curar as fissuras em nosso país e nos reunir novamente & # 8211 em uma mesa de piquenique, ao sol, passando guardanapos, conversando sobre coisas com as quais todos concordamos.

Big T é colher de sopa, pequeno t é colher de chá, c é xícara.

Você por acaso tem LEFTOVERS hoje?

Vamos fazer isso funcionar para nós e dar uma olhada mais de perto naquele pássaro americano, o peru.

Espere & # 8230 você está tendo um déjà vu de novo ?? Já não fizemos este artigo?

Não, não sabíamos, porque aqueles eram sanduíches de peru FRIOS. Lembra que eu disse para você colocar sua carne escura no congelador e mantê-la por uma ou duas semanas? Porque a carne escura tem melhor sabor quente e sobrevive ao processo de congelamento e descongelamento melhor do que a carne branca ?? Sim, eu quis dizer isso.

Tudo bem se você não acreditou em mim. Você pode fazer essas receitas com qualquer resto de carne de peru ou frango que esteja à espreita em sua cozinha, fazendo muitas perguntas intrometidas. Você pode até cozinhar frango ou peru SÓ para fazer essas receitas. Você pode até pegar um daqueles frangos assados ​​no supermercado e usá-lo. Não vou exigir que você revele suas fontes.

Nota sobre os valores & # 8211 Eu tive muita dificuldade em ser consistente com os meus valores nesses sammies. Eu meio que medi, mas as crianças brincavam com os copos medidores a maior parte do tempo, então eu olhei para eles. Além disso, muito depende de quão faminto você está e de quantas pessoas você está alimentando. É realmente mais ou menos o tipo de coisa nessas receitas & # 8211 use seu julgamento e deixe seu apetite e preferências pessoais serem seu guia.

Lembre-se de que você sempre pode adicionar mais, se precisar, mas retirá-lo novamente pode resultar em contas de lavagem a seco.

Da última vez que deixamos nossas sobras do intrépido Dia de Ação de Graças, decidimos que chamar o que é, em essência, um sanduíche (o sanduíche do jantar de Ação de Graças que sobrou com tudo nele) de três nomes diferentes (o Puritano, o Peregrino e o Papão) era muito confuso. Portanto, nós, ou seja, eu, tomamos a decisão executiva de que doravante o Puritano será peru e cranberries & # 8211 tão puros! & # 8211 e o Gobbler será esse sanduíche totalmente obscuro pelo qual tenho saudades juvenis. Isso é o que você vai conseguir se me eleger como seu ditador benigno. Os trens chegarão lá eventualmente, eu prometo.

Isso nos deixa com o Peregrino. Espero que você goste de amido, porque este sanduíche contém mais amido do que todo o guarda-roupa de Downton Abbey em toda a sua 6ª temporada.

Carne de peru picada / ralada

Uma colher de sobras de recheio ( Usei o recheio em caixa, pois meu recheio caseiro já não existia mais, e usei pouco, pois recheio + pão parecia muito amido. Na verdade, acho que foi uma boa troca, porque o salgado do recheio da caixa meio que funcionou aqui. )

Uma colher de purê de batata e # 8211 pré-manteiga, você não quer que eles sequem (ainda mais amido!)

Uma colher de chutney de cranberry ou compota de carne semelhante (Eu me perdi e usei geleia de pimenta, já que tinha um pouco em mãos. Consulte “Sobre nossas sobras inexistentes” abaixo)

Sobras de molho (Eu precisava de mais do que eu. Usei um pacote de molho para testar isso, não feito em casa, e precisei de no mínimo 3 pacotes para todos nós cinco termos o suficiente. Eu usei apenas 2. Não recebi muito, abnegadamente sacrificar meu molho pelo bem da minha família. Sou uma espécie de herói. Usei molho de peru, mas pode ter sido melhor com molho country.)

Opcional & # 8211 mac e queijo (muitas pessoas, inclusive eu, costumam fazer macarrão com queijo caseiro como acompanhamento de Ação de Graças. Este ano não fiz e perdi. Acho que teria sido bom aqui, embora com amido.)

Opcional & # 8211 inhame ou batata doce (Eu estava fora disso, então não tentei)

Opcional & # 8211 Condimentos, alface, tomate, etc. (Eu vi várias receitas do Pilgrim que pediam mostarda, maionese, alface, tomate e, mesmo uma vez, cebola e picles. Não consigo imaginar nenhuma dessas coisas sendo boas adições e não posso recomendar nenhuma delas, mas siga sua felicidade)

No pão: Ao preparar sanduíches frios, você deve se lembrar que eles ficam mais saborosos com pães integrais. Não é assim com sanduíches quentes de peru. Pão branco todo o caminho. Eu usei um hoagie para The Pilgrim, mas qualquer pão branco firme de boa qualidade vai funcionar. Eu não usaria fermento, no entanto.

Sobre nossas sobras inexistentes: Agora, eu percebo que você provavelmente já comeu ou jogou suas outras sobras agora (eu fiz), mas vamos fingir que não. Se você comer essas coisas, use uma caixa de Stove Top, misture um pouco de purê de batata em pó (os da marca Idahoan são melhores do que você imagina, mas Betty Crocker & # 8217s são horríveis), um pacote ou dois de mistura de molho seco e um pouco de chutney de cranberry (abrir uma lata inteira de molho de cranberry para um sanduíche parece um desperdício para mim). Se você não consegue encontrar ou não gosta de chutney de cranberry, eu usaria geleia de pimenta (usei geleia de pimenta) ou compota de cereja ou compota de maçã ou mesmo um pouco de marmelada & # 8211 você só quer um molho doce com um sabor mais complicado perfil do que Smuckers de morango.

Se você não comer essas coisas, apenas guarde esta receita para quando tiver sobras do feriado à mão.

Inhames enlatados & # 8211 Acho que inhames enlatados são praticamente intragáveis. Portanto, se você quiser inhames em seu Peregrino, planejo prepará-los para a ocasião e renunciar aos inhames enlatados. E se você nunca experimentou inhames frescos e acha que os odeia, experimente o verdadeiro McCoy antes de descartá-los totalmente.

Esta é a minha receita para os melhores inhames de todos os tempos & # 8211 se você acha que não gosta de inhames, mas tudo o que você já comeu foram realmente complicadas caçarolas de inhame (especialmente se feito com inhames enlatados) com marshmallows / abacaxis / nozes ou outros estranhos ingredientes, experimente este.

Inhame. Assim como muitas coisas na vida, como filmes de amor e super-heróis, eles só são ruins quando são complicados demais.

Inhame cristalizado mais fácil do mundo

Inhame ou batata doce (Eu prefiro batata-doce, meu marido prefere inhame. Essa é a história mais curta de O. Henry do mundo.)

açúcar mascavo (Uma ampla oferta)

Descasque, pique e ferva a quantidade desejada de inhame ou batata doce até ficar macio. Escorra bem e transfira para uma caçarola e cubra com uma camada de açúcar mascavo. Não uma aspersão, uma camada. Eu costumo usar uma xícara generosa de açúcar mascavo para 4 inhame, mas é mais ou menos uma coisa & # 8211 se você colocar muito açúcar, ele simplesmente derrete de qualquer maneira, então é melhor errar por excesso do que por pouco. NÃO cubra & # 8211 você deseja que grande parte da umidade dos inhames seja removida do forno. Asse no forno & # 8211 grelha superior & # 8211 a 350 por 45-50 minutos ou até mais até que o açúcar tenha derretido completamente e caramelizado em torno das batatas (se você ainda vir migalhas visíveis de açúcar nelas, cozinhe por mais tempo).

Eu sei que parece que isso deveria ter manteiga ou sal, mas resista à tentação até que você os experimente sem. Inhames têm pequenas quantidades de sódio que ocorre naturalmente e não acho que eles precisem (ou sejam melhorados de alguma forma) pela adição de qualquer coisa salgada. Ou oleoso para esse assunto. Eles vão ficar bem doces apenas com o açúcar mascavo.

Montagem em sanduíche: Para montar The Pilgrim, você basicamente tenta encaixar tudo isso em um sanduíche. Acabei colocando um hoagie em um prato e depois deixando-o aberto. Meu marido disse que precisava de manteiga & # 8211, embora eu ache que isso poderia ser atenuado se alguém usasse a opção de macarrão com queijo & # 8211 e ele pulasse o componente de geléia de pimenta. Você pode pensar que “inhames não poderiam ser bons nisso” e pule-os também (o que fiz porque estava fora), MAS inhames caramelados com recheio e macarrão com queijo são muito, muito bons. Eu sei que parece que não deveria ser, mas é.

Eu debati o que seria melhor & # 8211 aquecer antes e montar depois de usar os alimentos quentes, ou montar o frio e aquecer depois. Como eu estava montando tudo isso com sobras inexistentes, quase tudo que usei já estava quente, então fui com ele e depois dei um pouco mais de calor no micro-ondas antes de servir. Mas se você estiver usando sobras frias, eu consideraria colocar tudo junto e, em seguida, reaquecê-lo & # 8211 coberto & # 8211 no forno. É realmente muito denso para micro-ondas de forma eficaz se estiver totalmente frio & # 8211 as bordas ficarão cozidas demais antes que o meio seja aquecido. Além disso, aquecer sanduíches no forno adiciona uma boa qualidade tostada a eles.

Análise de sanduíche: O Pilgrim parecia mais um truque do que um sanduíche. Estava tudo bem, e ótimo dia de Ação de Graças, mas eu não pude deixar de desejar um pouco menos de coisas nele. Algum discernimento pode ser necessário. Tolerância puritana, até. Meu marido gostou, mas lembre-se que ele era esperto e pulou a geleia de pimenta. Talvez cranberries funcionasse melhor, mas eu duvido.

Molho e geleia não são uma combinação perfeita em Sandwich Heaven.

Suspeito que, dada minha estranha afinidade por inhame com recheio e macarrão com queijo, a iteração ideal desse sanduíche pode ser peru, recheio, macarrão com queijo caseiro e inhame caramelado. Eu provavelmente pularia as batatas e o molho neste caso. (Venho por este meio denominar o sanduíche de peru, recheio, macarrão com queijo e inhame caramelado, o herege). Mas vamos pegar este sanduíche pelo que é & # 8211 pão com todas as sobras do Dia de Ação de Graças empilhadas nele. Como bons peregrinos, se tiver gosto mais de uma pintura de Hieronymous Bosch do que de um sanduíche, será nossa penitência.

É o peregrino, peregrino. A imprevisibilidade está dentro de sua natureza. Para onde vai? Quem pode dizer? Só Deus. Deixe-o serpentear além e se perguntar: "Para onde irá vagar?"

The Blue Plate Special Sandwich

Um prato azul especial em sua forma não-sanduíche é um jantar barato, tudo em um, apócrifo servido em um prato azul. A lenda diz que, durante a Depressão, algumas empresas fabricavam um monte de pratos baratos que eram azuis ou tinham um padrão de salgueiro azul. Eles eram tão baratos que todos os restaurantes os compravam e serviam uma refeição barata por 2 bits (que podem ser 10 centavos, 20 centavos ou um quarto, dependendo de com quem você fala, e se você estiver falando com um pirata, ele vai corte um dobrão em 8 pedaços e dê-lhe dois deles & # 8211 os 2 bits originais.)

Mas, como tantas vezes acontece, o mito não parece ter base de fato, uma vez que os "pratos especiais azuis" foram amplamente anunciados durante os anos 20 e datam de pelo menos 1892. Os pratos especiais azuis eram provavelmente servidos originalmente no Harvey Houses & # 8211 a primeira rede nacional de restaurantes da América. Harvey Houses eram lanchonetes construídas diretamente em depósitos de trens e a primeira foi em Topeka, Kansas, em 1872. (Este é nosso sanduíche oficial do Kansas, y & # 8217all). Até então, as pessoas tinham que trazer sua própria comida para os trens & # 8211 e se você já comeu em um trem moderno, sabe que isso seria uma melhoria. Mas na época das Casas Harvey, a comida do trem era boa.

O fundador da Harvey Houses, Fred Harvey, era conhecido como um defensor absoluto da limpeza e da comida de qualidade. Assim, a ferrovia Atcheson, Topeka e Santa Fé, reconhecendo uma coisa boa ao ver uma, fez parceria com a Harvey Houses para construir Harvey Houses a cada 160 quilômetros ao longo de toda a AT + SF e até transportou ingredientes frescos por trem para cada Harvey House . No final da era Harvey House, havia 47 restaurantes, 15 hotéis Harvey House e 30 vagões-restaurante Harvey House em Atcheson, Topeka e Santa Fe. As Harvey Houses eram tão populares que ajudaram a criar a indústria do turismo no sudoeste americano, tornando o Grand Canyon uma coisa oficial e provavelmente levando diretamente à criação do programa de TV Liberando o mal.

A existência generalizada de Harvey Houses é uma das coisas que descobri ao longo desses artigos em que apenas coço a cabeça e me pergunto se nunca soube desse saboroso pedaço de Americana. Eu sei um monte de porcarias aleatórias relacionadas com comida, mas nunca soube sobre as Harvey Houses. Parece uma lacuna enorme e indesculpável no meu conhecimento. Eu tive que ler O Barril de Amontillado 17 vezes durante meus anos de escola & # 8211 certamente, durante uma daquelas releituras entorpecentes, eu poderia ter aprendido sobre as Casas Harvey. Parece que o Departamento de Educação investiu muito mais em me ensinar como sepultar meus inimigos do que em momentos importantes da história dos restaurantes. Mas as duas coisas são igualmente importantes!

Anyhoo, The Blue Plate Special Sandwich é uma refeição completa & # 8211 carne, batata e molho, pão & # 8211 a um preço baixo, baixo. Sem substituições, sem pedidos especiais. Você consegue o que ganha e não tem um ataque. Em um prato tradicional azul especial, o roll geralmente vem na lateral do prato azul com uma daquelas irritantes, duras como batidinhas de manteiga de pedra. Mas como este é um artigo de sanduíche, vamos tratar o pãozinho como nosso pão.

Já que este é um sanduíche bem fácil, vamos fazer um pouco de pão para ele. Na verdade, tenho uma receita de pão muito boa. É adaptado de The Victory Garden Cookbook, (Edição de 1982), que é um livro de receitas maravilhoso que recomendo rastrear se você gosta de vegetais, mas só os experimentou em embalagens estampadas com o Jolly Green Giant. Dica útil: nunca compre um livro de receitas de vegetais feito entre 1985 e 2005, porque todo mundo era obcecado por alimentos saudáveis ​​durante esse período. Pelo menos até o final de 2005, quando concluímos que todos nós vamos morrer, não importa quão crocantes sejam nossos vegetais. TVGC vem de uma época em que a comida ainda girava em torno de vinho e manteiga e pedaços de bacon e cremes doces e azedos e, o mais importante de tudo, cozinhar vegetais até que estejam realmente prontos. Mais, O jardim da vitória é uma instituição americana por si só, o mais antigo e mais antigo programa de TV americano sobre jardinagem.

Jane’s Potato Rolls (ou pão)

2 pacotes de fermento seco (Eu só uso algumas colheradas, acho que o fermento é uma criatura muito indulgente)

1 T de sal (isso parece muito sal. Eu nunca uso essa quantidade total)

1 batata descascada (você quer acabar com uma xícara de purê de batata ou mais no final de tudo isso, então selecione sua batata de acordo.)

5-7 xícaras de farinha (pão é uma coisa irritante, especialmente pães de batata)

Pique sua batata descascada em pequenos pedaços para cozinhar rápido e ferva-a na água até que os pedaços de batata estejam mashable (eu usei purê de batata em pó no lugar da batata verdadeira, mas descobri que dá muito trabalho desde que você fazer muitas medições e equações matemáticas para acabar exatamente com uma xícara de purê de batata). Amasse a batata o mais cuidadosamente possível e coloque na manteiga para ajudar a resfriar o líquido mais rapidamente. Deixe a mistura de batata / água / manteiga esfriar até ficar morna (não fique tentado a se apressar, você matará o fermento se a água estiver muito quente). Assim que a mistura esfriar e a manteiga derreter, transfira para a tigela e acrescente o fermento, o sal e o açúcar. Deixe descansar por alguns minutos até que o fermento comece a endurecer (espuma e borbulhar) e depois misture em 2 xícaras de farinha, até incorporar bem.

Adicione mais uma xícara de farinha e misture novamente. A massa deve ficar um pouco mais “pastosa”. Em seguida, adicione cuidadosamente a próxima xícara de farinha e avalie a situação. É aqui que você tem que usar seu instinto intestinal & # 8211 muita farinha é um desastre, pior do que não o suficiente, então erre por menos, mesmo que a massa esteja um pouco pegajosa e você tenha que passar óleo nas mãos para tocá-la isto. (Lembre-se, o erro número um que as pessoas cometem ao assar pão é colocar muita farinha nele. Use o mínimo possível.) A massa de batata é uma massa densa e pesada mesmo em circunstâncias ideais, portanto, prefira usar um pouco menos de farinha em vez de demais.

Você provavelmente precisará adicionar 5-6 xícaras, talvez até 7, dependendo do tamanho da batata, mas no final você deve ter uma massa um pouco pegajosa, mas não MUITO pegajosa, para trabalhar. Coloque em um lugar aquecido e deixe crescer até dobrar & # 8211 muitos livros dizem que isso leva 2 horas ou mais, mas meu pão sempre dobrou muito mais rápido do que isso.

Nesse ínterim, você vai querer untar uma forma retangular, como você coloca uma lasanha ou ou um bolo em forma de folha. O meu tem 13 x 25 cm, o que parece ter um tamanho um tanto esquisito, provavelmente porque o comprei em uma liquidação de igreja em vez de Williams Sonoma, mas 13 x 9 também funcionará.

Com as mãos levemente untadas, divida esta massa em 12 (ou 18, ou 24, porque 12 faz alguns rolos bem grandes) pedaços de tamanhos razoavelmente iguais e arrume-os em sua assadeira em uma disposição 3 & # 2154 (ou 3 & # 2156 ou 4 & # 2156 dependendo de quantas bolas de massa você fez. Seus rolos mudarão de tamanho de acordo). Ao colocar as bolas de massa no lugar, role-as entre as palmas das mãos untadas para dar-lhes um formato arredondado. Deixe os rolos crescerem novamente até dobrarem, por mais tempo que demore. Seus lados acabarão se tocando & # 8211, o que era de se esperar. Depois de assados, você será capaz de separá-los facilmente ao longo dessas falhas de fermento. Você pode dizer que seus rolos estão prontos para assar quando você os cutuca e deixa uma marca duradoura. Asse em forno a 350 por cerca de 30 minutos (mas verifique depois de 20 e novamente a 25!).

Então, agora que temos nossos rolos, vamos para o Blue Plate Special.

Se você tem uma placa azul, isso é incrível, se não, eu

você pode usar uma placa de cor diferente. Se você TEM que. Só não me diga sobre isso, no entanto. Deixa-me sonhar.

Sobras de peru ou frango (pedaços ou fatias ou pedaços)

Restos de purê de batata (Eu usei boxed e eles eram bons, e também de acordo com o espírito de uma lanchonete de beira de estrada. Você também vai querer que eles sejam um pouco mais finos, não muito grossos.)

Molho (você vai precisar de muito molho. Aprendi minha lição com The Pilgrim e fiz molho extra, no valor de 3 pacotes inteiros, e também usei molho country, que era realmente muito bom aqui. Se você é um ser humano de melhor qualidade do que eu, por favor, use caseiro e me diga como foi incrível.)

Montagem em sanduíche: Divida seu rolo pela metade. Se estiver usando rolos comprados em lojas, você pode precisar de dois & # 8211 que você deseja aproximar alguns pedaços de pão, ou um hoagie, feito apenas de rolos. Unte seus pãezinhos com aquela manteiga macia gostosa e coloque-os, abertos, em seu prato. Cubra com o peru, depois o purê de batata quente, mais manteiga e molho por cima. Esqueça que você já ouviu a palavra “colesterol”.

Acompanhamentos sugeridos: Technically, if you want to go full Blue Plate, you’d have some sort of vegetable with this. Buttered corn or string beans or those peas and carrots mixed together. Or perhaps a small bowl of iceberg lettuce mixed with a few tidbits of shredded red cabbage, floating in a pool of greasy French dressing. For dessert, chocolate pudding from a can or a square of red jello with a swirl of whipped cream on top. And coffee. Lots of black coffee.

Also, someone needs to invent a scented candle called “old grease and cigarette smoke” to be burned during meals such as this. And wear a hairnet if you have one.

Sandwich analysis: This sandwich really did feel like it came from another time. No bom sentido. Classic. So so so so good. We all liked this. The boys asked for seconds and NOT in exchange for dessert. Plus, it was a very affordable meal and it was easy (which between making sandwiches and writing about sandwiches, I needed a gimme here).

The Blue Plate Special Sandwich totally gets my atomic Sandwich Seal of Approval.

Our previous turkey sandwiches, both hot and cold, have been pretty darn Thanksgiving-y. They taste like fall and hayrides and football games and sweatervests and you want to wash them down with a big glass of cider.

But most of us are looking down the barrel of a loaded Festivus pole right now. You’re probably wondering, “But Kristin, I have people coming over in a couple days and do you have anything I can cook for them from my Thanksgiving leftovers that seems more in keeping with the spirit of the season?” and the answer is of course I do! And even better it’s also super all-American and historical.

Delmonico’s was a New York institution of a restaurant started by a family of Swiss immigrants that opened in 1823, burned down several times, and then closed permanently in 1923. Isn’t it weird to think about that? A world famous restaurant that lived for 100 years and then died� years ago? Isso é louco. Kind of puts the transitory nature of the ol’ human life into perspective, doesn’t it? Just think, someday, someone in the future will be writing an article about the 21st century and and the Kardashians will thankfully be no more than a minor historical footnote therein.

People like Dickens, Tesla, and Napoleon ate at Delmonico’s, although maybe not at the exact same time. In 1927 an enterprising guy named Oscar Tucci bought the name and location right out from under the then-impoverished Delmonico family. After enjoying a hearty run as a speakeasy, he kept the joint going after Prohibition by serving the exact same recipes that the Delmonico family used, calling this “new” restaurant he had totally just invented “Oscar’s Delmonico”. He did this without the Delmonicos’ permission, which seems like a really dickish thing to do. Apparently humans were big fat jerks even back in olden times. After Oscar, some entrepreneur or another has kept the name going ever since but the realio trulio Delmonico’s was dead and gone a century ago.

An interesting tidbit about Delmonico’s is that it was the first American restaurant that allowed people to order a la carte. In the past, when dining at restaurants you had no options. You had to order table d’hote which meant you had to order a whole meal at set price. No one asked “soup or salad”, they made that decision for you and you had to pay what they said you had to pay even if you most certainly did NOT want fries with that. It was a major advance to be able to order a separate appetizer, entree, dessert all for different prices and Delmonico’s started it.

It is said that eggs Benedict, baked Alaska, lobster Newburg, and yes, indeed, Chicken a la King were invented at Delmonico’s, among many other specialities. Most of these recipes are said to have been invented by the head chef at the original Delmonico’s, a guy named Charles Ranhofer. Or possibly this other head chef at the original Delmonico’s, a guy named Alessandro Filippini. Or maybe some people who were not even associated with Delmonico’s. Like so many recipes, their true origins are really lost to time.

I used several recipes I have from old cookbooks to come up with the recipe below. All the recipes I have for Chicken or Turkey a la King make a MASSIVE amount of food suitable for serving from a chafing dish to the entire Ladies Auxilliary so I have cut it down to a family size meal. If you need more, it’s easy enough to increase the amounts.

The equivalent of two breasts of chicken or 2 ½ c leftover turkey cut into bite size pieces (you can make this recipe with raw poultry, which may be handier for you. It was for me as I was out of turkey by the time I got to this recipe.)

A stick of butter, plus extra butter for your toast points

One green pepper and one red pepper, minced (if you’d like, you can sub in a jar of pimientos for the red peppers here. According to my cookbooks the pimiento is authentic, but I like red peppers because I am a mother and they have a lot of Vitamin C. Mothers are always on the hunt for Vitamin C. You gotta have both red and green, though. It’s festive. Also, remember, cutting your veg into smaller pieces makes for quicker cooking and easier eating.

Generous amount garlic, minced

1 c chicken broth or water (broth is better, but if you use a lot of garlic and salt, it hardly matters)

Salt, paprika, parsley, and black pepper to taste

Pão (gotta be white)

Optional: ½ c frozen Peas (I didn’t, but you can.)

Optional: Splash of wine or sherry (Alcohol doesn’t last long in this house, but it would have been good)

Optional: Nutmeg (Y tho?)

On cooking raw chicken if using it: If you’re using the raw chicken option, melt the butter and cook the chicken in the butter till it’s about halfway done, then add the garlic, peppers, mushrooms, and frozen peas, if using, and cook them. By the time the veggies are done, the chicken will be too, and without overcooking it into rubber. (DO NOT add the garlic too early, as garlic cooks fast, and burnt garlic is inedible.)

On nutmeg: If you haven’t picked up on this already I think that too much and the wrong type of seasoning ruins a LOT of recipes, especially for novice cooks who don’t know any different. Let my sad experience be your guide. I spent years wondering why I was a horrible cook and why no one enjoyed my tuna casseroles with cinnamon in them or my desserts that contained allspice and rosemary. It was a hard earned lesson I eventually learned, that just because some idiot writing dozens of recipes to meet a deadline for Melhores casas e jardins puts a large quantity of exotic spice into a dish, those of us cooking at home don’t have to include it in our version of the same. So while nutmeg was included in many versions of Chicken//Turkey a la King that I read, it just didn’t feel right to me.

Sandwich assembly: Melt the butter in a saucepan, and cook the garlic, peppers, mushrooms, raw chicken and frozen peas if using them. Let this concoction cool a bit and then whisk in your flour. I’d also add the wine or sherry at this point if you’re using it, to let everything blend. It will be like a paste now. Then add the milk and broth/water if you’re using it and return to the burner. Over low heat, stirring constantly (you’re trying to dissolve that paste of butter and flour you made – use a whisk if you have one, it will help), cook till your sauce is thickened and bubbly. You may need to add a little more milk or broth – it all depends on how much liquid your vegetables release. Don’t be tempted to crank up the heat to get it cooked faster – you want to give your butter/flour paste time to melt into the liquid. If you cook the sauce too fast, it will be lumpy and not velvety like it should be.

If you have a helper, have them toast your bread in the meantime and butter it lightly. If they cut the crusts off the bread and slice them into triangles, that’s what is called “toast points” and is the traditional way chicken a la king is served. I never bother. If you don’t have a helper, try to do this yourself but keep stirring the sauce so it doesn’t burn or lump.

Once the sauce is very nearly done, that’s when you’ll add your cooked, leftover turkey if you’re using that. Then you’ll heat the meat in the sauce (you could preheat it first if you’d like to be sure the sauce doesn’t cool too much).

Taste the sauce. It will need salt desperately, pepper to some extent, paprika in passing, and parsley perhaps. Nutmeg, if that’s your thing.

Serve the sauce over the buttered toast points. (You can, of course, serve this over rice or noodles instead, but I’ve tried both and neither are anywhere near as good as the toast.)

Suggested side dishes:

Remember that big jerk Oscar that bought the name and building of the Delmonico family when they were down on their luck, and then stole all their recipes too? Well, he actually invented this simple little old-fashioned salad so he wasn’t all bad. Every cookbook I own prior to 1985 has a version of Wedge Salad. It fell out of favor when eating more healthfully became a thing, but it’s making a comeback now that we’ve realized we’re gonna die eventually.

1 head iceberg lettuce (get a nice big fresh looking one, and not the sad spotted 50% off one)

Cooked Bacon (lots, crumbled into bits)

Blue cheese dressing (spring for the good stuff)

Optional: Blue cheese crumbles (I love blue cheese, but not everyone does)

Optional – fresh chives, minced (Get yourself some kitchen scissors. Kitchen scissors will mince your chives easily. I’ve never been able to mince chives into those pretty circles with a knife, but now that I have kitchen scissors I just cut them like trimming a Troll doll’s hair)

Optional: cherry tomatoes, cut into 4ths ( this sounded really good, but at this time of year cherry tomatoes are bringing in premium prices and I had to skip them)

Optional: sliced almonds (untested waters, but as I was eating this, I thought “this needs almonds”)

On coring and wedging an iceberg lettuce: Hold your lettuce in both hands with the core down. Bonk it – hard, but not brutally – on your countertop and the core will push up into the head and can then be easily removed. Then, using a sharp knife (just use a metal one, not one of those terrible plastic “lettuce knives”, you’ll have eaten the lettuce before it turns brown) cut the core into 6-8 wedges depending on the size of your lettuce head.

Salad assembly: On a pretty plate, chilled if possible, set a wedge of lettuce. Drizzle the blue cheese dressing over the top, and then sprinkle with the bacon bits and then the optional additions of the blue cheese crumbles, the tomato bits, the chives, and the almonds (or some combo of them all) I suppose if you really hate blue cheese dressing, you could sub in some other type of dressing here, but I thought it worked very nicely together.

Sandwich analysis: I love chicken/turkey a la king. I’ve made it many a time over the years and I always feel like a robber baroness as I eat it. The addition of the wedge salad makes this a fairly nice dinner for really not a lot of work, or expense. Open a bottle of wine and it’s a quick and dare I say, elegant meal you could serve to company.

My kids (as always) were less than thrilled about the peppers. My husband, who also likes a la king usually, did not appreciate the mushrooms, which I normally don’t add. But I liked the mushrooms and they added an air of grown-up-ed-ness that many of our nugget-based cuisine is generally lacking. As did the blue cheese, which perhaps unsurprisingly no one ate but me.

Now, you may be thinking “but there are still a lot of turkey sandwiches out there to be made! What about the Hot Brown? What about the Albequerque Turkey? And what about the Monte Cristoooooo??”

Some turkey sandwiches are simply too good to be relegated to the land of leftovers. Some turkey sandwiches are national institutions that deserve their own moment in the sun. Stay tuned, sandwich lovers!


Informações nutricionaisMostre mais

  • Quantidade por dose% Valor diário *
  • Calories 6.9
  • Calories from Fat 0.5
  • Total Fat 0.1g 0 %
  • Saturated Fat 0.0g 0 %
  • Gordura trans 0,0g 0%
  • Protein 0.5g 1 %
  • Quantidade por dose% Valor diário *
  • Cholesterol 0.2mg 0 %
  • Sodium 8.7mg 0 % Potassium 0 0 % -->
  • Total Carbohydrates 1.1g 0 %
  • Dietary Fiber 0.1g 0 %
  • Sugars 0.2g 0 %

* Valores diários baseados em uma dieta de 2.000 calorias.

Avaliações e comentários

Obrigado por seu comentário. Não se esqueça de compartilhar!

Reportar comentário impróprio

Tem certeza de que deseja denunciar este comentário? Ele será sinalizado para que nossos moderadores tomem medidas.


Build a Better Turkey Sandwich

BBQ Turkey Sandwich

THANKSGIVING IS MY favorite holiday, above all because I'm crazy about the leftovers. I buy a much bigger turkey than I need, and Thursday, while savoring the main event, I'm already envisioning ways to re-dish. But having consumed more than my share of turkey clubs and TLT's, as well as a plethora of turkey soups and salads, I've come to yearn for a road less traveled.

It seemed only fitting to turn leftovers from this most American of holidays into dishes reflecting our country's ever-more-diverse cultural makeup. The behemoth cemita—hailing from Puebla, Mexico, and a true wonder of the sandwich world—is named for the sesame-studded roll that traditionally encloses avocado, cheese, onions, chipotle chilies in adobo and a breaded cutlet or other meat, which I've replaced here with sliced turkey breast. In Puebla, papalo, a sharp and citrusy Mexican herb, is also a key player. North of the border, where the herb isn't always so easy to come by, cilantro is a good substitute.

The luscious Cubano, a ham, cheese and pork combo that's adorned with pickles and hot-pressed, panini-fashion, within a loaf of Cuban bread, is a staple in Havana and Tampa alike. Some Cubano-makers swap out the ham for Genoa salami I've substituted turkey's dark meat for the pork. And I've done the same in my take on the sweet and spicy Southern BBQ sandwich, with delicious results.

For a lighter option, I pile sliced turkey along with an arugula-and-walnut salad onto Dijon mustard-slathered baguettes—sometimes adding Roquefort or Brie to the mix if I'm feeling more indulgent. And a Monte Cristo is always well worth its copious calorie count. As a child, I loved the classic ham, cheese and turkey combination encased in egg-dipped, crisped bread, dusted with powdered sugar and dolloped with sour cream and strawberry jam. An adult now and enamored of the strong and flavorful as well as the mild and sweet, I occasionally replace Swiss cheese with Parmesan or gorgonzola and pedestrian ham with prosciutto. But the turkey is non-negotiable.

The last of my turkey sandwich makeovers—a Southern-style open-face presentation of toasted cornbread topped with gravy-moistened turkey, bacony wilted greens and a scattering of tangy scallions—may be my favorite of the six. When a craving strikes, I've been known to roast up a chicken or turkey breast specifically for this sandwich. At this time of year, though, I'm thankful that I've got all the ingredients at the ready.


Turkey Sandwiches

Just because you almost outdid yourself with preparations for a magnificent feast yesterday doesn’t mean you can relax today. Sem chance. The hunger pangs will hit at the usual times and someone (probably you) will be expected to produce sustenance to assuage them.

You do, of course, have one break. This is one day when you can do a replay of yesterday’s repast with little harping from hungry souls about, “Leftovers, again?” The good old Thanksgiving dinner is always worth a repeat. It’s after that that one needs to be more creative.

So how do you recycle the old bird without amassing complaints? Think sandwiches. Not just ordinary sandwiches, mind you. Sandwiches with some zing. Sandwiches that artfully disguise the fact that the holiday feast is reappearing in slightly different form. We’re talking upscale sandwiches here. But we’re also talking sensible use of some delicious leftovers.

The extra stuffing, that half cup of cranberry sauce, leftover gravy . . . all can be utilized in the preparation of some knife and fork sandwiches that are hearty enough for a full meal. Some can be served hot, others cold. But the following recipes for turkey sandwiches will make diners forget they ever saw the bird in its original glory. These are good enough to stand on their own merits.

A turkey-bacon-and-tomato club sandwich is always a favorite, of course, and shouldn’t be bypassed as a possibility. However, it’s really quite possible to turn a slightly used turkey and its fixings into something more glamorous. Why not marinate those extra-nice slices of turkey breast or thigh, along with some sliced red and yellow peppers in an Italian-style vinaigrette for several hours or overnight? Then serve the combination with some bufalo mozzarella cheese on toasted pumpernickel bread with a sprinkling of fresh basil. You’ll have no complaints about this one!

Or, if you have a fair quantity of the odd-size bits and pieces of turkey that really need some help to make a successful sandwich, use them in a turkey loaf. This is a great way to use up some of the leftover vegetables and cranberries. We used celery, carrots, cranberries and bacon with the turkey in a lovely, light meat loaf that is equally good hot and cold. Serve it hot on a thick slice of sourdough bread (or French bread) with a rich tarragon-flavored gravy or serve it cold in a pita bread and garnish it with alfalfa sprouts and tomatoes. Either way, it will earn kudos from fellow diners.

These are just a couple of the sandwich suggestions that follow. Others call for leftover turkey to be seasoned with curry or combined with bean sprouts in an Oriental-style mixture. Still others utilize the leftover bird in additional appetizing ways. Give them a try. You’ll be surprised at how quickly the holiday feast truly turns into a disappearing act.


3. Turkey Sandwiches with Cranberry Relish, Stuffing, and Gravy

This sandwich will make you think it’s turkey day all year long. With a touch of cranberry, stuffing, and gravy piled onto a turkey-packed sandwich, this Food Network recipe, which yields 4 servings, gives you all of the key components that make up a tasty Thanksgiving meal. Note: This recipe calls for leftover stuffing and gravy, but if you don’t have leftovers to use, you can always make a fresh batch of both for savory sandwiches all week long.

  • 4 thick slices French Batard bread
  • 5 tablespoons mayonnaise
  • 10 ounces sliced turkey breast
  • ¼ colher de chá de sal
  • ⅛ colher de chá de pimenta-do-reino moída na hora
  • 8 tablespoons cranberry sauce
  • Leftover stuffing
  • 6 ounces grated Emmenthaler cheese
  • Leftover gravy
  • Sweet potato chips for serving

Directions : Preheat the broiler. Lay the bread on a work surface and spread a little over 1 tablespoon of mayonnaise on 4 slices of bread. Place turkey slices on the bread and season with salt and pepper. Spread the cranberry sauce on the turkey slices. Pile some stuffing on top of cranberry sauce and top with some grated cheese.

Place under the broiler for about 5 to 7 minutes, until the open-faced sandwiches are heated through and the cheese is bubbling and golden. Meanwhile, heat the leftover gravy. Remove the sandwiches from broiler, ladle some gravy over the top, and serve immediately.


How to Make Creamed Chicken Sandwiches in a Slow Cooker

I recently used canned chicken for the first time in these Cheesy Chicken Stacks over on Goodeness Gracious. I was a little skeptical, but decided to give it a try&hellipand it was delicious! So when I ran across this recipe, I didn&rsquot hesitate to put in on my list of recipes to make! And well, the fact that it also has cream of chicken soup in it&hellipand I love cream of chicken soup&hellipdidn&rsquot hurt either. & # 128521

As we head into football season, there are going to be lots and lots of game day parties and get-togethers. I am always looking for something to bring that doesn&rsquot take all day long to make, but will still wow the crowd. (People ha This Crock Pot Creamed Chicken Sandwich recipe is super simple to throw together. Seriously. If you blink, you might miss the prep time for this yumminess.


Sausage Stuffing Loaf

Picture the scene, a long table laden with food, the pride of place going to a glossy, bronzed roast turkey surrounded by discarded paper hats, golden roast potatoes, sprouts, honey roast parsnips and ruby-red spiced cabbage happy, smiling faces of all ages look on at the feast whilst the harried cook hurries back to the kitchen to bring in jugs of gravy and little bowls of cranberry sauce. There’s carols playing on the radio, the hiss and crackle of a log fire and the fairy lights on the Christmas tree are twinkling in the background…….the dark outside is already stealing over the horizon and it’s taken an army of helpers to get the dinner on the table before the Queen’s speech at 3pm. Family arguments and disasters with toys and no batteries aside, this is probably the scene that will be played out in most family homes this Christmas day.

The reality is that there will be about four million people spending Christmas alone this year, with 10% being over the age of sixty five and the numbers rising for even older people. As well as this rather sad figure of solo diners, a recent report also indicated that there will be a higher number of couples spending Christmas alone, away from their immediate family as children move away from home (usually due to employment) and small communities are eroded – it’s all rather sad and another gloomy reflection of just how much society has changed over the last twenty to thirty years. And, it was after reading this survey that I decided to create a small Christmas dinner recipe for up to four people, or ideally for a couple with leftovers – a simple recipe that looks the part, is festive and tasty but that is suitable for a small Christmas dinner.

Today’s recipe for Bacon Wrapped Turkey Breast is easy to cook and, as I always test my recipes, I can report that it was indeed perfect for the just the two of us last Sunday, with ample leftovers for sandwiches, salads and another mini Christmas dinner meal. I used a 900g turkey fillet, (sometimes called a saddle) although a small crown would be suitable too, and I served it with a smaller version of my very festive Christmas Sausage, Sage and Bacon Stuffing Loaf, fresh Brussels sprouts, carrots, streamed potatoes and gravy. With two candles lit for the second Sunday in Advent and with a heavy white frost painting the roofs of the nearby houses and our garden shed, it felt suitably “Christmassy”, especially as I served it with cranberry sauce and on some lovely Penzance plates.

So, if you are spending Christmas at home and there are only two of you this year, then this is the perfect recipe for a very special Christmas dinner – you can freeze any leftovers if you wish, although I always love a post-Christmas dinner sandwich, such as my “leftover legends” The Great Christmas Turkey, Stuffing, Bacon & Cranberry Club Sandwich…….and, leftover turkey is a great excuse to make a turkey curry or a turkey pie. All that you need to complete this Christmas dinner for two, are Christmas crackers, the best linen and crockery and a glass or three of sherry, or whatever tipple takes your fancy. You can also prepare this with chicken breasts, as a meal for one maybe, or for two individual bacon wrapped chicken breasts, again, just serve with seasonal trimmings and a glass of something boozy.

Disclaimer: This is part of my Churchill China UK Blogger and Ambassador series of posts, and I am using The Caravan Trail Penzance patterned plates and salad bowl in my images.

For more of my Churchill China Posts, please visit the link here:


Assista o vídeo: SANDUÍCHE DE PEITO DE PERU SADIA COM MOLHO BECHAMEL (Julho 2022).


Comentários:

  1. Voshakar

    Quão curioso. :)

  2. Maugor

    a peça muito divertida

  3. Garsone

    Eu posso recomendar ir ao site, onde há muitos artigos sobre o tópico que lhe interessa.

  4. Moshakar

    É completamente inútil.

  5. Amarii

    Sim, mulheres atraentes estão distraindo. Exatamente - cansado de dias críticos - mude o sexo !!!!! Legenda da imagem engraçada: “Ass. Vista frontal ”Sete babás têm ... Quatorze peitos - Diversão, isso mesmo - não importa quanta vodka você tome, você ainda corre duas vezes! (sabedoria). Ele colocou um leve medo. Do que é? Intereno que bebe sete vezes - beba uma vez! se o lugar do enema pode ser alterado. As meninas não têm feminilidade e as mulheres não têm virgindade. Este é exatamente o grupo escultural: Hércules rasgando a boca de um garoto xixi. Este crachá legal em um homem de 150 quilômetros de progresso tornou os soquetes inacessíveis para a maioria das crianças - o dado mais talentoso. ))) A esposa do meu amigo não é uma mulher para mim ... mas se ela é bonita. ... ... ele não é meu amigo)))

  6. Derrill

    Sinto muito, não posso ajudá -lo, mas tenho certeza de que eles o ajudarão a encontrar a solução certa.

  7. Meztishura

    Peço desculpas, mas esta variante não se aproxima de mim. talvez ainda existam variantes?



Escreve uma mensagem