Novas receitas

Revisão da cerveja: Stone Brewing 12.12.12 Vertical Epic

Revisão da cerveja: Stone Brewing 12.12.12 Vertical Epic

Apesar do enorme burburinho em torno de seu lançamento e da nitidez numerológica de seu nome, Stone Brewing Company's 12.12.12 pode ter sido ignorado. Como a última oferta no projeto Vertical Epic de 10 anos de duração da cervejaria do sul da Califórnia, a Belgian Strong Dark Ale foi provada pela primeira vez por muitos como o gole final em um vôo ou jantar de degustação. Mesmo os aficionados por cerveja mais experientes podem achar difícil discernir depois de uma série de até nove outras cervejas Stone, todos os quais soam em um teor de álcool relativamente alto.

Felizmente, 12.12.12 está agora amplamente disponível na torneira e em garrafas de 22 onças em todo o país, e este revisor teve a chance de revisitar a cerveja para um pint mais memorável. Extremamente memorável, na verdade - este é um copo de espuma extremamente intenso, e pode até se beneficiar de mais um ano de envelhecimento por conta própria.

A cerveja derrama um preto aveludado com uma espessa cabeça bege. O cheiro de especiarias atingiu seu nariz antes mesmo de chegar perto do copo, graças a uma porção de canela, pimenta-da-jamaica, noz-moscada, cravo, casca de laranja e roseira silvestre (a última foi esmagada com uma empilhadeira para pulverizá-los antes da infusão ) "Não, certamente NÃO me lembro deste do jantar de degustação", foi nosso comentário ao barman que o serviu para nossa análise.

Por mais forte que o nariz pareça, o sabor não é opressor ou enjoativo, auxiliado por um final extremamente seco. Você não pode ter aversão a biscoitos de gengibre ou melaço para saborear goles da bebida, e o líquido fica pesado na língua no início, mas depois de engolir e respirar, nenhum sabor desagradável permanece. É surpreendentemente fácil terminar o seu serviço, especialmente se você combinar a cerveja com um queijo salgado ou charcutaria untuosa.

Esta não é uma cerveja que você beberia todos os dias, ou mesmo mais de uma vez por ano, mas como o final de um experimento de degustação vertical sem precedentes, 12.12.12 vale a pena pesquisar. Quem sabe, talvez Stone descubra uma maneira de conseguir um 13.13.13 fora do calendário algum dia em breve.

- Danya Henninger, The Drink Nation

Mais do Drink Nation:

Super Bowl Beer Review: Brewer's Art Resurrection Ale vs. 21ª Emenda Monk's Blood
Cerveja de peixe voador para liberar cerveja F. U. Sandy para caridade
Shake vs. Stir: Três Especialistas em Coquetéis Pesam


Stone IPA Fabricação de pedra

Sugestões: Explique por que você está atribuindo essa classificação. Sua avaliação deve discutir os atributos da cerveja (aparência, cheiro, sabor, tato) e sua impressão geral para indicar que você experimentou a cerveja legitimamente. Comentários não construtivos podem ser removidos sem aviso prévio e ações podem ser tomadas em sua conta.

Ajude-nos a ser incríveis

Notas: Um dos IPAs mais respeitados e mais vendidos do país, essa beleza dourada explode com sabor cítrico e aromas de lúpulo, tudo perfeitamente equilibrado por um caráter sutil de malte.

A IPA que lançou gerações de fanáticos por lúpulo
Primeiro lançamento: agosto de 1997

Por definição, uma India Pale Ale é mais lupulada e rica em álcool do que sua irmã mais nova, Pale Ale - e nós entregamos em espadas. Agora um dos IPAs mais respeitados e mais vendidos do país, essa beleza dourada explode com sabores e aromas cítricos de lúpulo de pinho, todos perfeitamente equilibrados por um caráter sutil de malte. Esta bebida crocante e com lúpulo extra é extremamente refrescante em um dia quente, mas sempre fará a diferença, independentemente de quando você decidir bebê-la.

4,5 / 5 rDev + 6,6%
olhar: 4,5 | cheiro: 4,5 | gosto: 4,5 | sentir: 4,5 | geral: 4,5

Não há muito a dizer sobre esta cerveja. Um clássico absoluto. A combinação perfeita de pinho e citrinos com um final amargo para o completar. Exemplo perfeito do que considero um IPA da “Costa Oeste”. Fora da lata ou derramado em um copo, sempre confiável e estável.

4,02 / 5 rDev -4,7%
aparência: 4,25 | cheiro: 4 | gosto: 4 | sentir: 4 | geral: 4

Não sou um grande fã do IPA, então leve isso em consideração ao ler isto. Este é um bom representante do estilo, pelo que posso dizer com minhas papilas gustativas fracas. Você pode definitivamente sentir o gosto do lúpulo, mas não é um nível de amargura de & quotcopper penny na boca & quot. Acabou bem, devo dizer. Parece bom e todo o resto está acima da média, então eu recomendo para aqueles que gostam de IPAs.

4,28 / 5 rDev + 1,4%
aparência: 4,25 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,25 | sentir: 4,5 | geral: 4,25

Acho que é a isso que as pessoas se referem quando falam sobre o IPA da Costa Oeste.

Aroma e sabor a fruta tropical à vista com um agradável amargor.

4,22 / 5 rDev 0%
aparência: 4,75 | cheiro: 4 | gosto: 4,25 | sensação: 4,25 | geral: 4,25

Lata de 19,2 onças impressa de cabeça para baixo em 21/02/04, melhor em 21/04/06. US $ 3,29 no posto de gasolina da esquina. Com negócios como esse, isso me faz questionar a sabedoria de pagar US $ 7-9 por uma cerveja de 16 onças em um bar.
Isso não poderia parecer muito melhor. Âmbar dourado claro e brilhante com uma cabeça alta e pegajosa que cobre toda a volta. Bolhas pequenas e preguiçosas sobem através da cerveja lindamente transparente.
Aromas de purê de grãos se misturam com lúpulo de pinho em um estilo clássico da costa esquerda IPA. Notas florais tênues aparecem junto com um toque de mel no feno úmido. Não tão pungente e lúpulo como quando esta era uma cervejaria menor, mas ainda inconfundivelmente Stone.
Um bom equilíbrio no nariz leva a um perfil geral de sabor equilibrado. O amargor e o caráter do lúpulo tomam conta, mas a doçura do malte está sempre presente.
Sensação na boca de corpo médio, com uma mordida de lúpulo satisfatória e prolongada.
Este grande lote, edição ultrafiltrada do mercado de massa não é tão impressionante quanto era em 2002, mas ainda é um vencedor e um IPA clássico.

4,16 / 5 rDev -1,4%
olhar: 4 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,25 | sentir: 4 | geral: 4

12 fl. onças garrafa, cortesia de Cardinal Pub & amp Bar, Stavanger. ABV é 6,9%. De cor dourada profunda a laranja, espigão branco moderado. Aroma encantador de lúpulo, notas de citrinos e frutos tropicais. O sabor picante e frutado é distintamente lúpulo do início ao fim, em um fundo maltado suficiente. Termina com amargura de grapefruity, mas não é exagerada. Sabor longo e amargo. Mais do meu agrado do que o Bastardo Arrogante. Coisa boa!

4,58 / 5 rDev + 8,5%
aparência: 4,75 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,75 | sentir: 4,75 | geral: 4,5

19,3 onças podem ser desfrutadas até 25/02/21. derramado em um frasco de vidro de 16 onças.

aparência: claro, laranja mel âmbar dourado, cabeça retentiva de 2 polegadas com entrelaçamento intrincado.

cheiro: pinho cítrico claro, lúpulo leve e pão.

Sabor: os lúpulos cítricos com resina de pinho, combinam com o malte e nadam bem juntos. ligeira doçura, mas o amargor do lúpulo perdura um pouco mais do que qualquer maltado. bem equilibrado. álcool bem disfarçado.

sensação: carbonatação média baixa. encorpado (ligeiramente em borracha, eu acho)

geral: um belo exemplo de um IPA balanceado, não uma bomba de suco, da costa oeste.
se você é digno ou não, é recomendável tentar. Eu pessoalmente terei isso em minha rotação.

4,85 / 5 rDev + 14,9%
olhar: 5 | cheiro: 5 | gosto: 4,75 | sentir: 5 | geral: 4,75

Essa cerveja é uma das minhas favoritas. Excelente do serviço ao final. Cabeça perfeita. Acabamento liso. Cerveja o ano todo. Ótimo para o inverno, não muito pesado para o verão (na Califórnia).

3,63 / 5 rDev -14%
aparência: 3,75 | cheiro: 3,75 | gosto: 3,5 | sentir: 3,5 | geral: 3,75

L: Castanho claro a âmbar, bastante turvo. Cor mais escura de cerveja com uma cabeça branca brilhante alta e apertada.

S: Malte com notas de limão, um cenário de floresta de pinheiros. Bastante seco, mas atraente.

T: Chute laranja surpreendente. Altamente amargo, mas equilibrado por um final de malte. Cítrico por toda parte.

F: Sensação na boca de média a forte que se prolonga em 6,9abv. Um litro seria uma carga, um tanto oleosa.

4,5 / 5 rDev + 6,6%
olhar: 4,5 | cheiro: 4,5 | gosto: 4,5 | sentir: 4,5 | geral: 4,5

Garrafa de 12 onças datada de 8/10/20 colocada em um Teku em 16/12/20.

Derrama uma cabeça branca cremosa de 2 & quot. Âmbar claro, cor dourada. Bom laço pegajoso.

Cheira a agulhas de pinheiro com algumas notas úmidas, gramíneas e cítricas. Sabor leve de malte a biscoitos.

Um forte sabor de pinho na frente dá lugar a amargor no final. Sabores de lúpulo e malte agradavelmente equilibrados.

Sensação na boca de corpo médio. Adstringente e bem carbonatado. Alguma viscosidade oleosa e resinosa.

Cerveja muito deliciosa e bem balanceada. O upfront de pinho pesado de lúpulo é agradavelmente equilibrado com sabor de malte.

3,93 / 5 rDev -6,9%
aparência: 4,25 | cheiro: 4,25 | sabor: 3,75 | sentir: 4 | geral: 3,75

IPA decente a um preço razoável, mas extremamente amargo sem motivo. Se você não gosta do gosto residual, não compre. Melhores alternativas: Racer 5 IPA, Firestone Union Jack, Russian River Mind Circus, Bell’s Two Hearted Ale.
* Aparência: boa cabeça com 1 dedo, âmbar dourado / claro, semi-claro
* Aroma: cítrico suave, piny, lúpulo, leve limão
* Sabor: Álcool bem balanceado com sabor residual significativo. Eu gostaria que houvesse mais malte em oposição ao amargor adstringente, o que é desagradável para mim para um único IPA. O equilíbrio está faltando.
* Veredicto final *: IPA sólido, bom e bem elaborado, mas não o melhor. Muito amargo, desnecessariamente. Eles precisam torná-lo semelhante a uma única versão IPA de Stone Enjoy By! Isso o tornaria melhor em direção à perfeição.

4,61 / 5 rDev + 9,2%
aparência: 4,25 | cheiro: 4,5 | gosto: 4,75 | sentir: 4,75 | geral: 4,5

A quintessência da costa oeste / San Diego IPA. Definindo o ataque de lúpulo cítrico / pinho seco (para uma ale) com malte sutil e leve, criando o equilíbrio perfeito. 6,9% abv o mantém fora da faixa inebriante e, se não for exatamente sessável, muito mais do que cervejas apenas 1/2% a 1% mais altas podem ser. Realmente o padrão pelo qual julgo todos os IPAs da costa oeste.

4,89 / 5 rDev + 15,9%
olhar: 4,5 | cheiro: 4,75 | gosto: 5 | sentir: 4,75 | geral: 5

C: Dourado, claro com um pouco de nebulosidade, excelente cabeça firme que chega até o topo. Laço de longa duração que se desenvolve a cada gole e, surpreendentemente, não há muita carbonatação (bolhas que crescem de média a lenta). Eu esperava mais baseado na cabeça.

S: Cheiro de pinho, resinoso, cítrico, ligeiramente frutado, muito lúpulo, com um leve cheiro de biscoito, o cheiro aumenta significativamente à medida que a cerveja está esquentando

T: Lúpulo bastante amargo com o lúpulo e caráter cítrico frutado à vista, seguido por um sabor cada vez mais maltado, a pão e a pinho. Muito preciso para um IPA americano, 6,9% ABV e muito imperceptível. Muito bom para o seu estilo. Os ésteres são fortes nesta cerveja.

F: Cerveja leve, sem muita efervescência, porém não cremosa, muito balanceada, com toque macio não muito pegajoso / saburra na boca.

Geral: esta cerveja foi enlatada em 04/11/2020 e tinha 19,2fl oz., 6,9% ABV, 51ºF. Esta cerveja é muito boa, representa muito bem o seu estilo e não há nada do que reclamar. Comprei uma lata de self-service por cerca de US $ 3 ou algo assim, o sabor é incrível, é fresco, o cheiro e o teor de álcool são ótimos e não excessivos por estar em torno de 7%. Excelente cerveja, dou 98.

4,78 / 5 rDev + 13,3%
aparência: 3,75 | cheiro: 5 | gosto: 5 | sentir: 4,5 | geral: 4,5

Aparência:
Pellucid, pólen dourado sob uma fina cabeça de creme branco felpudo. Baixa retenção, laço fibroso.

Ramalhete:
Lúpulos suaves de Citra, seguidos de pão fresco misturado com um pensamento passageiro de casca de limão. Há um pequeno cheiro de pinho escondido lá e, ocasionalmente, uma madressilva alegre passa voando como um beija-flor. Ao contrário da maioria dos IPAs, a fragrância ganha potência com o tempo.

Sentir:
Liso e limpo como mármore com um toque de carbonatação crocante no final.

Gosto:
Como morder uma fatia suculenta de grapefruit com lúpulo. Uma onda de pinheiros pungentes e terrosos flui sobre ela, seu avanço retardado pela doçura do malte caramelo que termina abruptamente, levando você para uma costa seca e ensolarada. ainda encharcado de todo o pinheiro e toranja que o trouxe até aqui. Ao respirar, a manga, a laranja e a madressilva começam a vibrar.

3,71 / 5 rDev -12,1%
olhar: 4 | cheiro: 3,5 | gosto: 3,75 | sensação: 3,75 | geral: 3,75

Derramado da lata para o vidro tulip, uma grande cabeça 3F de espuma bege macia se forma. Uma bela renda solta do ponto alto é visível à medida que se acomoda lentamente em uma cabeça 2F. A cor é dourada com cerca de 90% de transparência.

Meu nariz detecta um leve lúpulo de pinho e cítrico, um toque de malte e nada mais.

No paladar, uma nota de fruta suave e interessante se sobrepõe ao malte leve. O malte é moderado pelo lúpulo levemente amargo no meio do caminho para o final. Notas suaves de laranja e toranja penetram no lúpulo, que tem sabor de pinhão e toranja.

A sensação na boca é mais leve no corpo do que eu esperava. A leve carbonatação adiciona algum sabor às leves notas cítricas. O final é amargo e ligeiramente espesso pela leve adstringência.

Esta cerveja bebe mais leve do que o sabor pode inferir. Possui um bom equilíbrio de malte leve com amargor agressivo que o torna atraente. Tem mais nitidez de pinho do que Odell IPA, mas ambos estão crescendo em mim.

4,56 / 5 rDev + 8,1%
aparência: 4,25 | cheiro: 4,5 | gosto: 4,75 | sensação: 4,25 | geral: 4,5

Laranja profundo, névoa sutil, cabeça mínima
S-toranja e pinho
Toranja T e pinho. Apropriadamente amargo.
M- Corpo médio / completo para o estilo, Carbonatação média. Muito suave. Acabamento limpo e seco
Jantar do vencedor vencedor do WCIPA. Perto de Sculpin no paladar e na boca, mas não tão refinado

4,15 / 5 rDev -1,7%
olhar: 4 | cheiro: 4 | gosto: 4,25 | sentir: 4 | geral: 4,25

Saiu de uma garrafa de 12 onças uma laranja translúcida com uma pequena cabeça.

Tinha aroma de pinho. Sabor de malte e lúpulo. Algumas notas de fruta. Acabamento seco.

Corpo leve e carbonatação.

Bem feito IPA da costa oeste

3,92 / 5 rDev -7,1%
olhar: 3,5 | cheiro: 4 | gosto: 4,25 | sentir: 3 | geral: 3,75

Esta é uma cerveja excepcional. É um IPA da costa oeste muito saboroso que é totalmente lupulado e delicioso. Um assado subjacente traz o grão e o lúpulo. A sensação é um pouco dura, mas vale a pena beber.

3,92 / 5 rDev -7,1%
olhar: 4 | cheiro: 3,75 | gosto: 4 | sensação: 3,75 | geral: 4

O 6-pack foi embalado em 03/06/20, portanto, pouco mais de 9 semanas na época desta análise (em 08/08/20).

O aroma é laranja - quase doce, com notas de notas de pinho que o acompanham. Um leve aroma tostado por baixo.

Cor laranja-âmbar, com uma névoa fria, amplas bolhas ascendentes a uma espuma cremosa esbranquiçada com muito boa retenção. Belo laço desconectado. A névoa fria eventualmente se dissipa para uma cor âmbar clara.

Na boca tem a casca cítrica (laranja) mordendo na frente, acompanhada por alguns sabores florais e de suco de laranja. O floral aparece principalmente como um aroma que acompanha cada movimento na boca. Há presença suficiente de malte, pão tostado, para fornecer o equilíbrio necessário, mas claramente o lúpulo é o nome do jogo com esta cerveja. A cerveja não é amarga no primeiro ou dois goles, mas o amargor aumenta com cada bebida sucessiva para se tornar uma cerveja bastante amarga. O gosto perdura por muito tempo e é intensamente amargo.

A cerveja tem corpo substancial para o estilo.

No geral, um IPA muito bom e merecedor de seu status de ícone no subestilo da Costa Oeste. Para o meu paladar, o amargor é mais evidente no gosto prolongado do que no sabor de cada gole. O gosto amargo começa a dominar tudo antes de você terminar.

4,49 / 5 rDev + 6,4%
olhar: 4 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,75 | sensação: 4,25 | geral: 4,5

Esta cerveja derrama um lindo amarelo turvo com uma cremosa cabeça de dois dedos. Cheira fortemente a pinho, terra, notas florais e lúpulo. O sabor acompanha o nariz, muito pesado no lúpulo, mas termina com uma doçura de malte perfeita que faz você apreciar ainda mais o amargo. Esta cerveja é tão crocante e oferece um sabor limpo de IPA. Ele desce excepcionalmente suave com sua carbonatação de corpo médio. Este é de longe, na minha opinião, um dos melhores IPA's lá fora, não é muito pesado, mas é definitivamente cheio de sabor e um ABV adequado.

4,42 / 5 rDev + 4,7%
olhar: 4,5 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,5 | sensação: 4,25 | geral: 4,5

abriu uma lata para comemorar o 23º aniversário do O.G. que lançou tudo. pinheiros e toranjas fortes e pungentes saltam na frente e no centro. a doçura do malte caramelo para para dar um alô antes de surfar e deixá-lo na praia com um final limpo e seco embebido em toranja e pinho novamente.

3,89 / 5 rDev -7,8%
aparência: 4,25 | cheiro: 4 | sabor: 3,75 | sensação: 3,75 | geral: 4

Não sou grande fã de Stone, mas tenho que admitir, este é um IPA muito bom.

Derrama uma cor dourada brilhante cristalina. Uma boa cabeça de 3 ou 4 dedos se instala e se dissolve rapidamente, deixando apenas um anel de espuma ao longo do lado de fora da cerveja. Nem uma tonelada de laços é deixada para trás.

Aroma com notas brilhantes de toranja, pinho, grama seca e um pouco de malte leve doce.

O paladar segue o nariz com notas de pinheiro, agulhas de pinheiro e toranja, com novamente, um pouco daquele malte aparecendo. Até agora, esta foi a cerveja mais & quotmalty & quot que experimentei no último dia e meio, mas vamos ser honestos, não é de forma alguma uma & quotmalty & quot IPA. Tartes de amargor pronunciado no final e perdura no final.

Sensação de leve a médio corpo, bastante seco, produzindo uma sensação de saburra na boca.

No geral, é um IPA muito bom e um exemplo digno do estilo.

4,27 / 5 rDev + 1,2%
olhar: 4,5 | cheiro: 4,25 | gosto: 4,25 | sensação: 4,25 | geral: 4,25

Um despejo fácil rende dois dedos de espuma branca, cremosa e com sabão que dura e fica grumosa.
Cor laranja-palha límpida, ouro amarelo sob luz forte. Stick flacidez arcos de laço.

Lúpulos de pinho enfeitam o nariz com toranja e torradas, malte claro e fermento residual no fundo. O álcool é perceptível em uma inspiração profunda.

Semi-seco com alto amargor. Amargor de pinho salgado e picante domina o paladar. A toranja agora tem um leve sabor cítrico geral, quase azedo adicionando doçura zero. Há uma espinha dorsal de malte robusta que mantém a secura sob controle.
O final é alongado pelo amargor, a queda do malte e dos cítricos. O gosto restante permanece, lupuloso e amargo.

Corpo médio-leve, carbonatação abundante e ocupada. Seria bom se não fosse pela amargura. O álcool está esquentando, mas não aumenta tanto quanto a cerveja esquenta. Não é totalmente apto para a sessão, mas de forma alguma um goleiro. Costa oeste até o fim.

3,65 / 5 rDev -13,5%
olhar: 4 | cheiro: 4 | gosto: 3,5 | sensação: 3,5 | geral: 3,5

Leah e eu estamos nos perguntando se isso vem de um barril velho. Salgado e limão na frente. Acabamento seco. IPA médio para nós. No Pub Irlandês Annie Bailey's em Lancaster, PA

3,36 / 5 rDev -20,4%
olhar: 3,5 | cheiro: 3,75 | gosto: 3,25 | sentir: 3 | geral: 3,25

Lata de 330ml: Sabor muito lúpulo e amargo com final seco. Quase dá para sentir o gosto do álcool de uma forma não tão agradável e só um pouco pesada (quase forte) para o meu gosto.

1,88 / 5 rDev -55,5%
aparência: 2,25 | cheiro: 2,25 | gosto: 1,5 | sentir: 2 | geral: 2

vamos ser totalmente honestos .. Eu não sou um fã de IPAs, mas queria dar uma chance a este. Devo dizer que foi muito difícil de terminar. eu tive que forçá-lo para baixo. Eu odeio dar avaliações ruins e para ser justo, se eu fosse um fã do IPA, esta poderia ter sido uma ótima cerveja. Vou ficar com Stone Lagers


Nerd da cerveja urbana

Esta semana, a Stone Brewing Co. despachou o terceiro lote de seu Enjoy By IPA para 10 estados, e nerds de cerveja em todos os lugares - bem, nerds de cerveja nesses 10 estados ou em torno deles - lutaram para pegar algumas garrafas antes que ele desaparecesse. (Peguei seis garrafas na terça-feira, 20 de novembro, o dia em que atingiu Boston. Bebi três garrafas nos últimos dias e tenho mais três na minha geladeira.)

A ideia por trás da Stone & # 8217s Enjoy By IPA - todos os três lotes foram feitos com a mesma receita - é usar ingredientes extremamente frescos e, em seguida, colocar a cerveja nas mãos dos clientes & # 8217 o mais rápido possível após ser engarrafada & # 8217s, para demonstrar como o frescor importante pode ser para a cerveja. A data no nome, neste caso 21.12.12, é a data em que a cerveja deve estar no seu melhor.

Então Stone & # 8217s Enjoy By 12.21.12 double IPA faz jus a todo o hype? Sim & # 8230com algumas ressalvas.

Stone coloca muito amor e cuidado em cada cerveja que fabrica, e Enjoy By 12.21.12 IPA não é exceção. O que diferencia este grande e velho IPA duplo é que Stone supostamente o preparou & # 8220 especificamente para NÃO durar. & # 8221 Não tenho certeza do que isso significa, e Stone não disse. Estou supondo que significa apenas que não é pasteurizado e não tem conservantes, mas que não são exatamente IPAs raros e cervejas com lúpulo geralmente são melhores quando estão frescas, e os melhores não têm conservantes. A Stone & # 8217s definitivamente não é a única cervejaria a enfatizar esse fato. A Russian River Brewing Co., fabricante de Plínio, o Velho, uma das minhas IPAs favoritas, imprime instruções para consumir a cerveja o mais rápido possível em cada garrafa. E a maioria das cervejas artesanais hoje tem datas de engarrafamento, embora geralmente sejam impressas em um pequeno texto quase imperceptível e não mencionado no nome da cerveja.

De qualquer forma, para a minha revisão do Stone Enjoy By 21.12.12.

Stone Enjoy By 12.21.12 IPA está disponível em frascos de 22 onças e em versão preliminar. Eu vigorosamente derramei minha garrafa em um copo alto do Stone Arrogant Bastard, e formou uma espessa cabeça cor de marfim com bolhas finas. A cerveja em si é dourada com tons âmbar.

Uma das minhas coisas favoritas sobre esta cerveja é seu cheiro. Isso fede, no bom sentido. O aroma é realmente incrível. Tem cheiro de lúpulo pegajoso e pungente e álcool moderado. Eu gostava de cheirar essa cerveja tanto quanto de beber.

A cerveja é extremamente crocante e limpa no início, como você pode esperar de uma bebida fresca. O sabor inicial é maltado e refrescante, seguido por um forte toque de lúpulo no rosto. Tem um sabor notável de maconha. Esta é uma bebida fermentada seriamente lupulada e amarga. É também surpreendentemente bebível para um IPA duplo ABV de 9,4%. Você obtém apenas um leve sabor de álcool que aquece.

O sabor intenso do lúpulo é resultado de alguns saltos ridículos durante o processo de fermentação. Stone usou literalmente 11 tipos diferentes de lúpulo: Calypso Super Galena (extrato) Simcoe, Delta, Target, Amarillo, Motueka, Citra, Cascade Nelson Sauvin e Galaxy. Não consigo pensar em outro IPA com tanta variedade de lúpulo. E isso mostra.

Minhas garrafas custam US $ 10 cada, o que não é barato, mas não me sinto queimado.

Fiquei genuinamente impressionado com Stone & # 8217s Enjoy By 12.21.12 IPA & # 8230, mas algo me incomoda em toda a apresentação. Parece um truque de marketing, e não gosto de me sentir como se estivesse sendo vendida algo diferente de uma cerveja realmente fresca. O mundo da cerveja artesanal está cheio de truques estranhos agora, e eu entendo por quê. O mercado é extremamente competitivo e as cervejarias farão de tudo para se diferenciar dos concorrentes. Mas acho que espero mais de Stone.

Novamente, esta Enjoy By IPA é uma ótima cerveja, então não estou tentando derrubar Stone. Ao mesmo tempo, aposto que o gosto vai ficar bem em alguns meses - talvez não tão bom quanto hoje, mas não é como se a bebida fosse estragar ou algo assim. Stone não precisa me convencer a beber suas cervejas com truques de marketing. Já conquistou meu respeito por meio da fabricação de cerveja de qualidade.

Stone & # 8217s Aproveite até 21.12.12 IPA obtém uma nota 9 de 10 na Escala de Nerd de Cerveja Urbana. (Atualmente, ele tem uma pontuação BeerAdvocate.com de 94/100 com base em 111 avaliações de usuários.)

Confira o vídeo acima ou visite o site da Stone & # 8217s para obter mais detalhes. (E leia minha lista recente de IPAs notáveis, todos os amantes do lúpulo devem beber pelo menos uma vez para obter mais recomendações sobre as incríveis cervejas de lúpulo.)


Stone Brewing Co. Aprecie Até 21.12.12 Revisão IPA

Esta semana, a Stone Brewing Co. despachou o terceiro lote de seu Enjoy By IPA para 10 estados, e nerds de cerveja em todos os lugares - bem, nerds de cerveja nesses 10 estados ou em torno deles - lutaram para pegar algumas garrafas antes que ele desaparecesse. (Peguei seis garrafas na terça-feira, 20 de novembro, o dia em que atingiu Boston. Bebi três garrafas nos últimos dias e tenho mais três na minha geladeira.)

A ideia por trás da Stone & # 8217s Enjoy By IPA - todos os três lotes foram feitos com a mesma receita - é usar ingredientes extremamente frescos e, em seguida, colocar a cerveja nas mãos dos clientes & # 8217 o mais rápido possível após ser engarrafada & # 8217s, para demonstrar como o frescor importante pode ser para a cerveja. A data no nome, neste caso 21.12.12, é a data em que a cerveja deve estar no seu melhor.

Então, Stone & # 8217s Enjoy By 12.21.12 double IPA faz jus a todo o hype? Sim & # 8230com algumas ressalvas.

Stone coloca muito amor e cuidado em cada cerveja que fabrica, e Enjoy By 12.21.12 IPA não é exceção. O que diferencia este grande e velho IPA duplo é que Stone supostamente o preparou & # 8220 especificamente para NÃO durar. & # 8221 Não tenho certeza do que isso significa, e Stone não disse. Estou supondo que significa apenas que não é pasteurizado e não tem conservantes, mas que não são exatamente IPAs raros e cervejas com lúpulo geralmente são melhores quando estão frescas, e os melhores não têm conservantes. A Stone & # 8217s definitivamente não é a única cervejaria a enfatizar esse fato. A Russian River Brewing Co., fabricante de Plínio, o Velho, uma das minhas IPAs favoritas, imprime instruções para consumir a cerveja o mais rápido possível em cada garrafa. E a maioria das cervejas artesanais hoje tem datas de engarrafamento, embora geralmente sejam impressas em um pequeno texto quase imperceptível e não mencionado no nome da cerveja.

De qualquer forma, para a minha revisão do Stone Enjoy By 21.12.12.

Stone Enjoy By 12.21.12 IPA está disponível em frascos de 22 onças e em versão preliminar. Eu vigorosamente derramei minha garrafa em um copo alto do Stone Arrogant Bastard, e formou uma espessa cabeça cor de marfim com bolhas finas. A cerveja em si é dourada com tons âmbar.

Uma das minhas coisas favoritas sobre esta cerveja é seu cheiro. Isso fede, no bom sentido. O aroma é realmente incrível. Tem cheiro de lúpulo pegajoso e pungente e álcool moderado. Eu gostava de cheirar essa cerveja tanto quanto de beber.

A cerveja é extremamente crocante e limpa no início, como você pode esperar de uma bebida fresca. O sabor inicial é maltado e refrescante, seguido por um forte toque de lúpulo no rosto. Tem um sabor notável de maconha. Esta é uma bebida fermentada seriamente lupulosa e amarga. É também surpreendentemente bebível para um IPA duplo ABV de 9,4%. Você obtém apenas um leve sabor de álcool que aquece.

O sabor intenso do lúpulo é o resultado de alguns saltos ridículos durante o processo de fermentação. Stone usou literalmente 11 tipos diferentes de lúpulo: Calypso Super Galena (extrato) Simcoe, Delta, Target, Amarillo, Motueka, Citra, Cascade Nelson Sauvin e Galaxy. Não consigo pensar em outro IPA com tanta variedade de lúpulo. E isso mostra.

Minhas garrafas custam US $ 10 cada, o que não é barato, mas não me sinto queimado.

Fiquei genuinamente impressionado com Stone & # 8217s Enjoy By 12.21.12 IPA & # 8230, mas algo me incomoda em toda a apresentação. Parece um truque de marketing, e não gosto de me sentir como se estivesse sendo vendida algo diferente de uma cerveja realmente fresca. O mundo da cerveja artesanal está cheio de truques estranhos agora, e eu entendo por quê. O mercado é extremamente competitivo e as cervejarias farão de tudo para se diferenciar dos concorrentes. Mas acho que espero mais de Stone.

Novamente, esta Enjoy By IPA é uma ótima cerveja, então não estou tentando derrubar Stone. Ao mesmo tempo, aposto que o gosto vai ficar muito bom em alguns meses - talvez não tão bom quanto hoje, mas não é como se a bebida fosse estragar ou algo assim. Stone não precisa me convencer a beber suas cervejas com truques de marketing. Já conquistou meu respeito por meio da fabricação de cerveja de qualidade.

Stone & # 8217s Aproveite até 21.12.12 IPA obtém uma nota 9 de 10 na Escala de Nerd de Cerveja Urbana. (Atualmente, ele tem uma pontuação BeerAdvocate.com de 94/100 com base em 111 avaliações de usuários.)

Confira o vídeo acima ou visite o site da Stone & # 8217s para obter mais detalhes. (E leia minha lista recente de IPAs notáveis, todos os amantes de lúpulo devem beber pelo menos uma vez para obter mais recomendações sobre incríveis cervejas de lúpulo.)


Da adega: Stone Vertical Epic 06.06.06

& # 8220Como acontece com qualquer bom épico, aqui está a promessa de experiências maiores do que a vida, heroísmo e reviravoltas conforme a aventura se desenrola. Esta cerveja condicionada em garrafa é o capítulo 5 e é especificamente projetada para ser envelhecida até algum tempo depois de 12 de dezembro de 2012. Desde que você possa esperar tanto tempo. & # 8221

Stone Vertical Epic 06.06.06
Belgian Strong Dark Ale, 8,66% ABV

Karl: Ok, então ocasionalmente ficamos um pouco felizes aqui na sede da Guys Drinking Beer (também conhecida como sala de estar de Ryan). Basta dar uma olhada no tamanho daquela etiqueta Stone à esquerda ali. É enorme. Mas os ouvintes de longa data, aqueles que ligam pela primeira vez sabem que começamos tudo isso há alguns meses, quando Stone veio para a cidade, então acho que estávamos um pouco justificados. Dito isso, quando Ryan abre uma garrafa de qualquer coisa deles hoje em dia, eu meio que hesito por um segundo. Exceto para a série Vertical Epic. Hoo-boy.

Considerando que eles fizeram isso para durar quase toda a vida e que Ryan está se segurando nisso há anos, vale a pena mergulhar em & # 8211, pois da próxima vez que colocarmos nossas mãos em um desses, serão mais alguns daqui alguns anos. Então, vamos fazê-lo.

Esta Belgian Strong Dark Ale é um bocado só no nome, e o resultado da cerveja é equivalente. Na garrafa, o perfume é provavelmente melhor descrito como "terroso" & # 8211, mesmo no nariz há riqueza, há profundidade, há uma certa sensação de solo ou musgo ou outra coisa que é escura e forte e possivelmente cheia de alérgenos. Como a natureza.

Ele escorre tão escuro quanto você poderia imaginar no nariz, com uma ponta cáqui clara e apenas um toque de luz envolvendo o vidro. O aroma desenvolve passas e tâmaras à medida que respira e torna-se um pouco frutado & # 8211 até mesmo um pouco como um bolo de frutas. O sabor em si é intenso, complexo e extremamente satisfatório. Começa levemente com café e chocolate, e aguarde cerca de 15 segundos para desenvolver um bom sabor de nozes para completar a experiência. Surpreendentemente, embora o ABV seja de cerca de 8,6%, ele é muito contido e não excessivamente forte com álcool. Uma bebida muito bem equilibrada e agradável que sem dúvida amadureceu ao longo dos anos, mas ainda tem muito a oferecer & # 8211 e sem dúvida ficará ainda mais rica na próxima vez que abrirmos uma.

Ryan: Eu realmente queria esperar até que Stone & # 8217s VE 12.12.12 fosse lançado para abrir este aqui. Realmente, eu fiz. Mas ele continuou me chamando de dentro do porão para prová-lo na marca de quatro anos. Então, nós fizemos.

O VE 06 cai escuro como a noite com apenas um pouco de pele bronzeada. Até agora, é tudo o que eu esperava.

O nariz é o que me pegou desprevenido. São maltes torrados muito complexos, um pouco de funk, um pouco de grama molhada, chocolate amargo e cerejas com cobertura de chocolate. Toneladas acontecendo aqui.

Sabor grande com esta cerveja também. Café para começar, que desaparece e abre espaço para algumas cerejas pretas, bolo de frutas e um pouco de funk azedo. O final da cerveja é sólido, com algum chocolate amargo.

Esta cerveja tem resistido muito bem e estou ansioso para abrir minha última garrafa quando fizermos um mini épico, 06 -12, em alguns anos.

Andrew: Nós aqui do Guys Drinking Beer amamos Stone (assim como a maioria de vocês), então, quando Ryan disse que tínhamos um 06/06/06 esperando por nós, eu fiquei completamente tonto. Ele derramou com uma cabeça muito leve que se dissipou muito rapidamente com muita terra maltada no nariz.

Uma cerveja fantasticamente suave que começa com notas de chocolate e café, passando para um sabor picante frutado e terminando com um carvalho de noz no fundo. Essa cerveja estava em toda parte, e eu gostei.


The Beermonger Review: Saison du BUFF (Atualizado com todas as 3 versões)

Sim, eu sei & # 8230 onde diabos eu estive?

Well, it’s been a little bit hectic in ‘Mongerland lately. I recently changed jobs somewhat unexpectedly in June, followed by (1 week later in fact) moving to a new place. So to say I’ve been busy is a way of putting it. Adjusting to the new job has been good and I’m enjoying it a lot but it does take some time, hence the extended absence. Desculpas.

I’ve got a bit of a backlog of beers that I’ve had over the past couple of months and some things I’m excited to write about. I’ll be trying to get to these over the next few weeks. For now, I’m kicking back watching the Redskins first preseason game and trying out Dogfish Head’s version of the ‘Mother of all Collaboration’ special beer Saison du BUFF.

A bit of background: Saison du BUFF started with an alliance of three of the baddest beer-brewing mofos in America back in 2003, as Stone Brewing Co boss Greg Koch, Dogfish Head madman Sam Calagione and Victory badass Bill Covaleski formed the Brewers United for Freedom of Flavor (BUFF) alliance. The point was not just to increase promotion of honest, outstanding craft beer to us dirty, unwashed masses yearning to drink free of multimillion dollar bullshit and fizzy yellow beer, but to ensure fair treatment and respect for small craft brewers from distributors and proper placement for those beers in retailers, bars and restaurants everywhere.

Earlier this year, the boys met up at Stone’s North County San Diego brewery to create a special beer as a thanks to all of us unworthy Bastards. The concept is simple: One beer to be brewed at all three breweries, using the same recipe and ingredients. The end product is a Saison clocking in at 6% ABV, brewed with parsley, sage, rosemary and thyme.

I tried a bottle of the Stone version a few weeks back (during my hiatus) and am currently drinking the Dogfish version. I’m going to crack my second bottle of the Stone (forgot it was in there!) to get a fresh impression and compare.

What’s that you say? How can there be a comparison? It’s the same beer, with the same recipe and ingredients! Well, you have a point. But it’s not quite that simple. Let’s get to it:

Saison du BUFF Comparo, Part 1, or: Identical Cousins, Two of a Kind!

Stone Saison du BUFF

We’re gonna call this v.1. Poured with a quick to rise, quick to fall foamy head. The aroma is sharp, with herbal notes and a hint of citrus character that you’d normally see in a Hefeweizen. First impression on the palate is bright herbs and some hoppy acidity. The combination of herbs used almost makes v.1 seem like a Pale Ale with some dry-hopped character. Drinkable but complex Saison du BUFF takes you for a bit of a ride leading to a finish with lingering ‘hop’ flavor and a subtle building heat, almost like a good red table wine (Chianti, a proper Merlot, Cotes du Rhone). I could see some great seafood pasta dished playing well with this, or a nice shaved turkey on rye or kickass veggie sandwich. Wish I had more.

Dogfish Saison du BUFF

The first impression came from merely opening the bottle. The cap gave way with a decidedly loud POP. As I poured the last of the bottle, it seemed to develop a foaming head that just wanted to run right out of the top of the glass. I described it on Twitter as being ‘active’ it had playful, hyperactive bubbles and a nose that seemed hoppier, hotter and all-around less subtle than the Stone.

The palate is where I really started noticing some differences. To me, the Dogfish version (from here on referred to as v.2) presented itself as more of a traditional Saison with its round feel and slightly grainier, yeastier character. It’s very drinkable, like v.1, but I think more so because of how the herbs seem to be more integrated.

On my palate the difference seems to be almost like using fresh versus dried herbs. The dry stuff is sharp, intense and uncompromising in pureness of its character. Fresh herbs are muted, earthy and easier on the nose and tongue. Try eating a basil leaf sometime, then try eating a pinch of dried basil. You’ll see what I mean.

The point being (I hope) that v.1 is much more the ‘dried herb’ take on Saison du Buff, where v.2 has the lusher, more subtle ‘fresh herb’ notes. Which of course is odd, since they’re the same beer made with the same ingredients. The only difference is where they’re made. It’s fascinating to me that they show like this, but if I paint with some broad strokes it makes some sense: You’d expect a West Coast beer to have a sharper palate and some lingering heat. The herbs in v.1 give a simulation of a lingering lupulin ‘burn’, which is very cool. By the same token, it makes total sense to see something from the East Coast being earthier and rounder.

Where the collaboration comes through for me, then, is in the aromas. The v.2 nose is so intense and hot which you might expect from, say, an intensely hoppy beer from Stone. V.1 more subtle but still complex something that screamed Dogfish Head to me.

If I had to pick one, I’d go for v.2. I think the Saison character and earthiness play beautifully here. But honestly they’re both amazing beers, more than worth your time and attention. Track them down if you can.

Before anyone points it out: Yes, I know I haven’t mentioned Victory. I’m waiting for their version to come out. When it does, I’ll sit down and we’ll see how v.3 compares to 1 and 2. I can’t wait to pick all three of these apart and see what I find.

Update! Victory Saison du BUFF:


So now that I’ve had the Victory version of the beer (let’s call it V.3), let’s wrap this up and call it a full set.

If I had to sum it up as succinctly as possible, I’d say V.3 is ‘just right’. It’s not as dramatic as the Stone or Dogfish beers but it strikes a great balance that makes it the most drinkable of the bunch. Remarkably the last bottle I had, having been in the fridge for a few days, presented itself as being very Pils-like while still very cold. All that herbal element at a very cold temperature makes for a very focused but subtle hop-like note. As it warmed up a bit the basil-ness of the beer came out like it did on the first two. V.3 is the one of the three I’d give to an uninitiated craft beer drinker if they were curious about the beer it’s so balanced and easy going that I can see almost anyone enjoying it.

So did I have a favorite? I don’t think I do. I really did dig all three. Each had something that made it stand out, yet they all shared a unique recipe that combined the absurd with the comforting with the sublime. I say if you can get a hold of any Saison du BUFF, get on it.


Stone Brewing Buenaveza

“Lime explodes from the glass you can taste the salted rim before a drop hits your lips. Margaritaville: full-on assault of lime and salt. A bit watery. Leans unbalanced—more lime juice than beer. Impression of pouring lager into remnants of a margarita pitcher.”

What our editors thought

“Salt and lime guide the nose earthy, corn tortilla–like sweetness sells the theme. Just when you expect a caricature, the sip delivers restrained saline-and-citrus expression that’s nuanced, genuine, and beer-forward.”

REVIEWS FOR YOU >

FRESH BEERS >

The best new craft beers available in a beer store near you. Sponsored content.

Firestone Walker Nectaron IPA

From Firestone Walker’s Propagator R&D brewhouse in Venice, California, comes Nectaron IPA—the next release in the single- hop Propagator Series, available exclusively in the latest Crafted Thru Hops mixed pack. Nectaron is an emerging hop from New Zealand, first championed by brewmaster Matt Brynildson during his travels to experimental plots in the famed Nelson region. Now comes Firestone Walker’s inaugural beer brewed with Nectaron, showcasing its juicy, tropical flavors of passion fruit, pineapple, and citrus.

Two Roads Brewing Company Tanker Truck Sour Series: Pineapple Mango Gose

Two Roads is driving a tanker truck down the road less traveled with this Pineapple Mango Gose. We kettle soured this ale in our own tanker truck trailer—a former milk tanker that’s parked on the grounds of our brewery. Pineapple Mango Gose has a rich blend of tropical fruits with notes of pineapple, mango, and guava. With pleasing tartness, it’s a tropical twist on a refreshing gose.

Founders Brewing Co. All Day Vacay

You’re going to need a bigger suitcase—All Day Vacay has arrived. Take a well-earned respite from the mundane and let this session wheat ale whisk you away with its slight, summery sweetness—complemented by delicate notes of citrus. Whether it’s a staycay or vacay, it’s the perfect companion for any type of adventure.

Firestone Walker Double Mind Haze

Let your mind wander into Double Mind Haze—Firestone Walker’s juiciest, fruitiest, and haziest IPA ever, made for the maximum in tropical hop character. In the words of brewmaster Matt Brynildson, “Double Mind Haze is a carefully crafted next step in our long and rewarding journey through the hop world and IPA brewing. We challenged ourselves to create luscious textures and to ultimately deliver all of the hedonistic flavor you could ever want from a hazy IPA.”

Melvin Brewing Back in Da Haze

Melvin’s hopalicious take on the haze bomb, this crushable 6.5 percent ABV IPA is made with flaked oats and wheat for that soft, pillowy mouthfeel, then loaded with Sabro, Mosaic, and Citra hops to create a tropical Dreamsicle blend of flavors. Pick up a fresh six-pack and go Back in da Haze!

Area Two Experimental Brewing Pineapple Sour D

Pineapple Sour D Hazy Hemp IPA is a hazy, juicy IPA brewed with pineapple, hemp hearts, and terpene extracts packed together for a brew that’s a total trip! Dank terpene aroma greets the palate and is followed by a hazy cloud of tart pineapple balanced by a soft, kushy mouthfeel and smooth hop bitterness. A heady brew you can crush til it’s cashed!

Melvin Brewing Pilsgnar

Pilsgnar is the perfect beer for your next outdoor excursion. It’s luminous gold in color, and we use a blend of two-row and pilsner malts, then dry hop it Melvin-style with Saphir, a newer German hop with notes of orange candy and jasmine tea. Shred it!

Founders Brewing Co. Más Agave Premium Hard Seltzer Lime

Más Agave Premium Hard Seltzer Lime is a refreshing foray into the future made with blue agave nectar, natural cane sugar, real fruit juice, and a dash of sea salt for good measure. The bold citrus flavor of lime lends a surprising kick.

Sierra Nevada Brewing Co. Dankful

We’ve committed at least $1 million in donations through Dankful in 2021. A better tomorrow is why we brew Dankful, a resinous West Coast IPA that supports nonprofits standing up for social equality, economic well-being, and environmental protection. Through this philanthropic pledge, we work with nonprofit partners dedicated to moving our communities forward. We’re Dankful for that. Rather than making donations contingent upon Dankful sales success, we’ve committed to at least $1 million in donations over the next year, which will be supported in part by Dankful sales.

Two Roads Brewing Company HAY-Z-BOY

Boy, oh boy, we’ve created one hazy, juicy IPA! Hay-Z-Boy is a 7% ABV cloudy, golden IPA that’s packed with tropical fruit, citrus, and earthy aromas—and a subtle sweetness and bitterness that’s sure to satisfy in every sip! Perfect for those lazy, hazy, crazy days when you need to kick back—and go a little hazy!

Melvin Brewing Juice Theorem

Since its Alpine inception, the lab has always been an integral part of Melvin Brewing. Our team of rad scientists has now proposed a theorem: that clear IPAs can be just as juicy as their hazy counterparts. The evidence in the can is a testament to the crew’s skill in the art of zymurgy a postmodern IPA full of bright juicy flavors, yet crisp and clean in the body and finish. Available fresh on March 1!

Lawson's Finest Liquids Little Sip IPA

Our little cousin to Sip of Sunshine IPA has a juicy, fruit-forward character layered with tropical hop flavors and bright floral aromas. Notes of grapefruit and pineapple complement this delectably balanced beer. Little Sip IPA quenches your thirst as you reach the summit of your favorite hike and keeps you company while you mow the lawn. This may very well be your new desert-island beer!


Brewpub Review: Stone Coast Brewing Company

Stone Coast Brewing Company in Laconia, New Hampshire has its roots in several different brewpub ventures. Opened on the site of the short-lived Winnipesaukee Pub and Brewery at the foot of Laconia's classic New England Main Street, this is the second brewpub location using the Stone Coast name, the original location being a Portland, Maine brewpub that opened last year.

And to follow it back one more iteration, Stone Coast was spawned by the Sunday River Brewing Company of Bethel, Maine. Stone Coast owners Grant Wilson and Peter Leavitt decided to see if they could succeed where the previous brewpub failed, and so far it looks like the Sunday River/Stone Coast formula is producing a winner. Good food, great beer, and an inviting environment.

Literally a stone's throw from Lake Winnipesaukee and only seven miles off Interstate 93, Stone Coast has an airy, modern decor punctuated by lots of potted plants. Funky lighting fixtures illuminate mottled gold walls, cozy booths, and a carpet with an autumn leaves motif in the sweeping, semi-circular dining area. A large bar dominates the middle of the pub, beyond which are two pool tables, a bandstand and a dance floor, with the brewhouse wedged into a narrow strip of space near the entrance.

Open for both lunch and dinner, Stone Coast offers reasonably-priced pub grub ($5-12.95) with a few nods to foodies looking for more than a burger. For a region not typically known for its culinary breadth, particularly at the lower end of the price scale, there is a decent variety of fun food for a location far from any major city. There are appetizers ranging from crab cakes to portobello mushrooms, entrees that include fish and chips, steak, pasta, and seafood, as well as the requisite array of burgers and sandwiches. A pulled pork sandwich came heaped with tender, though a bit fatty barbecued pork, covered in a tangy, somewhat smoky barbecue sauce and a side of fries.

Stone Coast in Laconia uses the same beer recipes as the Portland location, some of which appear to have traveled from Sunday River as well. The Laconia pub does add its own interpretation to the recipes, however, according to a staff member.

Stone Coast had six beers on tap at the time. Waterfront Wheat was a basic innocuous American wheat beer Gunstock Alt was a malty, rounded ale with a hoppy finish Peaks Pale Ale was nicely bitter with a dry finish Redstone Ale, dubbed a "California-style red ale," had a nice toasted malt nose and a smooth, balanced body 420 India Pale Ale had a pungent hop nose, and the emphatic bitterness and a brassy note often found in IPAs and finally, Black Bear Porter was a harmonious blend of dark malts, its maltiness nicely balanced by an acrid note from the black malt and firm hopping.

Not yet available, but promised to be soon on tap was an oatmeal stout with a nitrogen tap to enhance the creaminess of its head when poured. The beers are produced on a DME brewing system, consisting of a 19 barrel mash tun, a 23 barrel kettle, and three 20 barrel conical fermenters.

Stone Coast appears to be striving to become a week-long destination for various crowds. A weekday afternoon found families and people of all ages filling the dining room. Bands play on Thursday-Saturday nights, and there are free buffets during Sunday afternoon and Monday night football games, drink specials on Tuesday, free pool on Wednesday, and a $1 cover and $1 drafts on Thursday nights. In addition, a $50 membership to the Stone Coast Mug Club entitles you to have your 22 ounce mug filled for $2, except on Tuesday from 4-8 and all day Sunday when it's only $1.

An eloborate neon sign outside the pub features a lighthouse and its beacon, providing a visual draw for anybody passing by. Indeed, Stone Coast appears to be about the the most vibrant place in what is mostly a fairly sleepy downtown in New Hampshire's Lakes Region. So whether you're in the area on vacation or just passing by on your way to the White Mountains, Stone Coast is definitely worth a stop.

Search The Real Beer Library For More Articles Related To: New Hampshire


Tuesday, October 1, 2013

San Diego Beer Review: Manzanita Brewing Witch's Hair

Manzanita Brewing Co.
10151 Prospect Ave.
Santee, CA 92071
www.manzanitabrewing.com

Sim. looong break between posts again. I have been drinking a lot of new stuff lately, but just haven't had the drive to write my thoughts down. I should be posting quite a bit of stuff up in the next few days/weeks. Be on the look out.

Several of the new beers I have had have been by Manzanita Brewing. I have been very impressed with them lately (new brewmaster?) and decided to write my first post on their new fall seasonal that was released today.

Pumpkin Ale
8.8% ABV


Stone Brewing Co. Xocoveza For The Holidays

Aroma: “Moderate spiciness where the spicy peppers slightly overpower the chocolate. Reminiscent of Halloween spices with light cinnamon and an earthy character. Chocolate, chile, and roast. Cinnamon, mild pepper aroma, and chocolate combine to smell a bit like an incense-filled Nepali import shop. I can reframe it as mole, but it’s more like incense.”

Sabor: “Flavor is very much mole: the chile flavor is there, with a hint of chipotle spicy smoke, along with an earthy cocoa, but the spices are very much in play, with strong cinnamon and mild cumin. A touch of alcohol warming, just enough to know it is there. Subtle heat.”

Geral: “Very drinkable and balanced with a good chile flavor, light chile spice, chocolate, and a cinnamon note. Nicely balanced and surprisingly quaffable. This hits all the expected notes (chile, chocolate, and malt) without overdoing any of them.”


Assista o vídeo: Stone Brewing Sues Big Beer (Janeiro 2022).